10 de agosto de 2022
In memoriam • atualizado em 24/06/2022 às 09:37

Romaria de Trindade: Pira do Monumento Memorial foi acesa na manhã desta sexta-feira (24)

O Monumento simboliza empatia aos familiares das vítimas acometidas pela Covid -19
(Foto: Divulgação / Santuário Basílica)
(Foto: Divulgação / Santuário Basílica)

O primeiro dia da tradicional festa do Divino Pai Eterno, em Trindade, foi marcado pelo acendimento da pira do Monumento Memorial criado especialmente para a Romaria 2022. O monumento de 3 metros de altura foi aceso às 6 horas da manhã desta sexta-feira (24) e será mantida até o final da romaria.

Para o diretor-presidente da Vila São Cottolengo, padre Marco Aurélio Martins, o Monumento simboliza empatia aos familiares das vítimas acometidas pela Covid -19. “Não podíamos celebrar a festa do Divino Pai Eterno sem materializar esta realidade tão triste e tão sofrida. Tínhamos que fazer memória aos vitimados pela covid. Então, na festa deste ano queremos fazer memória a essas pessoas. Além disso, o fogo representa a esperança, gratidão e memória”, afirmou o padre.

Além disso o local também servirá como espaço para oração. Ao final da Romaria, o Monumento Memorial será afixado nos arredores do Santuário Basílica.

Continua após a publicidade

De acordo com o artista plástico Silvio Morais, criador do monumento, a pira foi executada com utilização de chapas metálicas recortadas, soldadas e pintadas artesanalmente. “A idealização da forma nos remete a algo que ainda se mantém vivo, assim como uma flor que está prestes a se desabrochar. Nos remete também a algo que possui raízes profundas, assim como a vegetação do cerrado que brota sobre o chão queimado. A Pira se apoia em uma base quadrada e escura, preta, assim como nos aparenta ser o desconhecido, o medo, a morte”, explicou o artista, que já tem sete artes sacras espalhadas por Trindade.

O artista explica que as quatro pétalas do Monumento representam os quatro cantos da terra unidos por uma tragédia que causou sofrimento comum e destino incerto que ainda trazem marcas com texturas e ranhuras provocadas irregularmente. As partes internas das pétalas são pintadas de dourado, representando o ser humano no seu mais nobre espírito de vontade de viver.

“No centro das pétalas nasce um broto vermelho que representa a vida. Aquela que continua, a vida que segue superando todas as perdas, traumas e sequelas”, acrescentou Silvio.

Continua após a publicidade

A Romaria

Com o tema “Pai Eterno, fazei novas todas as coisas”, a Romaria deste ano vai homenagear os mortos pela pandemia no mundo inteiro. As bandeiras de 193 países estarão expostas na área externa do Santuário para lembrar que a pandemia afetou o mundo todo.

Confira a programação desta sexta-feira (24/6):

6h: 13ª Romaria dos Militares – Trevo de Goiânia
11h: Missa dos Militares – Santuário Basílica
16h: 6ª Romaria da Vila São Cottolengo – Trevo de Goiânia
17h: 1ª Romaria Vocacional (SAV-CRB) – Trevo de Goiânia
19h: 6ª Romaria da Polícia Civil – Terminal Pe. Pelágio

Programação diária

4h50: Alvorada Festiva (Praça do Santuário Basílica e Igreja Matriz)
5h20: Procissão da Penitência – Da Igreja Matriz à Praça do Santuário Basílica (Transmissão: TV Pai Eterno, Rádio Trindade FM e Rádio Difusora Goiânia)

Praça do Santuário Basílica

Missa: 6h (Transmissão: TV Pai Eterno, RedeVida, Rádio Trindade FM e Rádio Difusora Goiânia)
Novena Solene: 19h30 (Transmissão: TV Pai Eterno, TV Aparecida e Rádio Difusora Goiânia)

Santuário Basílica

Missas: 11h, 13h30, 17h30 e 22h
Novenas: 8h
15h (Transmissão: TV Pai Eterno)

Igreja Matriz

Missas: 7h, 12h, 16h30 e 19h
Novenas: 9h e 14h
Oração do Terço: 13h

Igreja do Santíssimo Redentor

Missas: 8h e 18h
Batizados: 10h e 16h – (Inscrições antecipadas na Secretaria Paroquial) – (62) 3505-1129

Carmelo Santíssima Trindade

Missa: 7h
VILA SÃO COTTOLENGO
Missa: 9h

Confissões:

Todos os dias no Santuário Basílica e na Igreja Matriz, das 6h às 21h