19 de julho de 2024
Solução de problemas

Rogério Cruz destaca progresso em obras de drenagem para prevenir alagamentos em Goiânia

Rogério Cruz, prefeito de Goiânia (Foto: Prefeitura de Goiânia)
Rogério Cruz, prefeito de Goiânia (Foto: Prefeitura de Goiânia)

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) destacou que a administração municipal já realizou intervenções em 63 dos 99 pontos de alagamento identificados na cidade no início da gestão. A declaração ocorreu durante o lançamento do edital de licitação de obras de drenagem no Jardim Goiás, no início da tarde desta segunda-feira (20/03), na sede do Sistema da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB/GO).

“Dos 99 pontos de alagamentos que encontramos, já realizamos intervenções em 63. O nosso compromisso agora é estender os trabalhos para onde existe um maior fluxo de pessoas, como o Jardim Goiás”, disse. O prefeito afirmou que tais obras “são extremamente necessárias para a cidade, ainda que intervenções subterrâneas não sejam tão lembradas pela população”. “Nosso compromisso é com a cidade, com as pessoas, é com Goiânia”, ressaltou. 

O secretário municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra), Denes Pereira, destacou que “Goiânia enfrenta problemas de drenagem há décadas”, e elogiou a decisão de Rogério Cruz “de encarar o desafio”. “Nós estamos falando de uma capital de 89 anos que não tem um Plano Diretor de Drenagem Urbana (PPDU) que contemple toda a cidade. O prefeito Rogério Cruz determinou que nós entreguemos um plano que talvez seja um dos mais modernos do país, que seja um norteador para os próximos anos”, disse. 

O presidente da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB/GO), Luiz Pereira, revelou que manifestou, durante reunião do prefeito com o Fórum Empresarial, a necessidade de uma solução para o problema, e que agora “está muito feliz com o lançamento da obra”. “Esse viaduto é um problema antigo, já causou muito prejuízo aos proprietários de veículos. Agora, colocamos um grafite no nosso mural para comemorar o lançamento da obra”, afirmou.

Projeto

A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) elaborou projeto que visa drenar a água da chuva e evitar alagamentos na Avenida H, como o que ocorre no viaduto próximo a shopping da capital. A obra começa na própria Avenida H, sob a Avenida Jamel Cecílio, passando pelas ruas 14, 12-A e Rua 1, no Jardim Goiás, seguindo até o Córrego Botafogo. Toda a rede de drenagem será substituída, e o asfalto refeito em seguida nestes locais.

Ao todo, serão construídos 2.155,64 metros lineares de galerias de águas pluviais e 6.801,71 metros quadrados de asfalto. A obra, realizada com recursos próprios da Prefeitura de Goiânia, apresenta custo final de R$ 4.818.613,87 e está inclusa no Programa Goiânia Adiante, que prevê investimentos de R$ 1,7 bilhão em infraestrutura, saúde e educação. Segundo o cronograma da Seinfra, o prazo de execução é de 120 dias.

Avenida E

Durante o evento, foi lançado edital de licitação da ampliação da rede de drenagem e pavimentação de outras 10 ruas do Jardim Goiás: 15, 55, 56, 61, 58, 54, 62, 53, 59 e a Avenida E. A empresa que vencer a licitação construirá 2,7 quilômetros de galerias pluviais, com tubulações que variam de 40 milímetros a 150 milímetros. Construirá, também, 20 poços de visita e 112 bocas de lobo. De acordo com a Seinfra, o cronograma estabelece prazo de 180 dias para a empresa finalizar as obras.


Leia mais sobre: Goiânia

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.