20 de fevereiro de 2024
Patrimônio

Restaurado, teatro de Pirenópolis foi entregue ao Governo de Goiás, neste sábado (25)

O teatro está sob a administração da Secretaria da Retomada, que recebe R$ 1,16 milhão para investimentos no local.
Entrega foi marcada por uma solenidade com apresentações e presença de autoridades. (Foto: Secretaria da Retomada).
Entrega foi marcada por uma solenidade com apresentações e presença de autoridades. (Foto: Secretaria da Retomada).

Para fomentar a cultura em Pirenópolis, neste sábado (25), o Theatro Sebastião Pompeu de Pina foi entregue pelo IPHAN ao Governo de Goiás. O local foi completamente reformado com o investimento de R$ 5,1 milhões em obras. Agora, o teatro está sob a administração da Secretaria da Retomada, que recebe R$ 1,16 milhão para a instalação de sistemas de áudio, vídeo de última geração, geradores e um estúdio de gravação.

A entrega foi marcada por uma solenidade com apresentações artísticas da cultura local e presença de autoridades. Representando o governador Ronaldo Caiado, o secretário da Retomada César Moura afirma que em breve o tetro será aberto para a população. “Agora temos pressa de entregar o teatro para a cidade. Todos os equipamentos já foram adquiridos e em menos de um mês os moradores terão o teatro de volta”, garantiu.

O secretário também contou que o teatro vai abrigar uma unidade de Desenvolvimento Econômico e Promoção das Artes e Economia Criativa, integrada ao Colégio Tecnológico do Estado de Goiás (Cotec). “Vamos ter aulas, apresentações dos alunos, porque queremos isso aqui vivo”, destacou.

História e cultura

Construído em 1901, o Teatro de Pirenópolis foi restaurado respeitando a arquitetura e estrutura originais. Seu estilo construtivo é híbrido, luso-brasileiro, com estrutura de madeira aparente e paredes de adobe. Por décadas foi bastante utilizado, para apresentações de óperas, danças e peças teatrais.

Reformas respeitaram a arquitetura e estrutura originais do teatro. (Foto: Secretaria da Retomada).

A entrega promete impulsionar a cultura, a arte e a economia criativa na região, mantendo viva a chama da história e da excelência artística. “No ano passado, nós recebemos mais de 1 milhão de turistas em Pirenópolis. Queremos trazer eventos todo fim de semana e que a nossa população possa apresentar nossa cultura. Isso é fomento também à economia”, pontuou o prefeito da cidade, Nivaldo Melo.


Leia mais sobre: / / / / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019