23 de abril de 2024
Resultados • atualizado em 10/01/2024 às 20:19

Relatório da SSP aponta redução de todos os índices de criminalidade em Goiás

Também foi realizado um comparativo com 2028. De lá para cá, os números apontam uma redução da criminalidade no estado
O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (10), reunindo a estrutura da Segurança na área militar e civil no auditório Mauro Borges. (Foto: Altair Tavares/Diário de Goiás).
O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (10), reunindo a estrutura da Segurança na área militar e civil no auditório Mauro Borges. (Foto: Altair Tavares/Diário de Goiás).

A Secretaria da Segurança Pública de Goiás informou que o estado registrou redução nos indicadores criminais monitorados em 2023. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (10), reunindo a estrutura da Segurança na área militar e civil no auditório Mauro Borges. “Goiás é um estado onde as pessoas sabem que bandido aqui não cresce”, destacou o governador, Ronaldo Caiado (UB) em pronunciamento.

O comparativo é de janeiro a dezembro de 2023 com igual período de 2022. Em Goiás, os Crimes Violentos Letais Intencionais, registrou redução de 12,1% no número de Homicídios Dolosos. No caso de homicídio tentado, diminuiu 12%, e o número de estupro reduziu 7,3%. O crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, teve queda de 57,6%. Em 2023, 93 municípios não registraram nenhum homicídio consumado.

INDICADORES CRIMINAIS 2022/2023
Natureza20222023Variação percentual
Homicídios Dolosos1.1851.042-12,1%
Homicídio tentado1.8291696– 12%
Estupro800704-7,3%
Latrocínios3314-57,6%
Com informações da SSP-GO

A SSP afirma que, com relação aos Crimes Violentos Contra o Patrimônio, os registros de Roubo a Transeunte caíram 32,7%, sendo 11.682 em 2022, e 7.861 neste ano. O número de Roubo de Veículos também apresentou queda de 30,1%. De 1.473 em 2022 para 1.029, em 2023. As ocorrências de Roubo em Comércio caíram de 880 em 2022, para 642 em 2023, representando um declínio de 27%. Já os Roubos a Residências tiveram redução de 34,9%, sendo 869 no ano de 2022 e 566 em 2023.

Os Roubos de Carga também apresentaram redução, passando de 86 casos em 2022 para 41 em 2023, representando um declínio de 52,3% dos casos. O Roubo a Instituição Financeira segue zerado e desde 2019 o estado não registra nenhum registro desse crime. “Eu tenho um orgulho enorme de saber que Goiás está representado na área de Segurança Pública por homens e mulheres capacitados. Não é discurso, é um fato concreto que comprova o discurso”, afirmou Caiado sobre os bons resultados.

O número de Furtos a Transeunte apresentou queda de 33% e os registros de furto a veículo reduziram 19,1%. Os números de Furtos a Transeunte apresentaram queda de 33%. Os registros de furto a veículos reduziram 19,1% e também houve redução nos casos de Furto em Comércio, que teve uma redução de 15,3%. Em 2023, o número de furtos em Residência registrou queda de 20,5%.

“Nós trabalhamos com número mínimo, inadmissível de ter uma segurança como Goiás conseguiu. Imagina se tivéssemos um número ainda maior de policiais em todas as nossas áreas para fazer ainda mais, com a polícia chegando mais perto e mais rápido”, disse Caiado, reconhecendo alguns dos pontos de melhoria necessários.

Os indicadores divulgados têm como fonte o Observatório de Segurança Pública do Estado de Goiás e são provenientes do Sistema RAI (Registro de Atendimento Integrado) utilizado por todas as Forças de Segurança, de acordo com o andamento das investigações. Foi levado em consideração o Plano Nacional de Segurança Pública que prioriza a atenção aos Crimes Violentos.

Avanço em 5 anos

Na ocasião, o secretário de Segurança Pública, Renato Brum enfatizou o comparativo com 2018, último ano do governo de Marconi Perillo (PSDB), no qual José Eliton liderava a secretaria. De lá para cá, a redução foi de 50,8% no número de homicídio doloso, 86,7% na redução de latrocínios e 55,7% na redução de lesão corporal seguida de morte. “Acredito que lá atrás eu não imaginava chegar nesse momento em que chegamos hoje. É algo que me deixa bastante orgulhoso”, enfatizou o secretário.

CRIMES VIOLENTOS LETAIS INTENCIONAIS
2018/2019
Naturezas20182023Variação Percentual
Homicídio doloso21171042-50,8%
Latrocínios10514-86,7%
Lesão corporal6127-55,7%
Com informações da SSP-GO

Crimes em Propriedade Rural

O Batalhão de Polícia Militar Rural, conjunto com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais, trabalha para reduzir o roubo em Propriedade Rural, crime que apresentou queda de 28%. No ano de 2022 foram registrados 110 casos de roubos, já em 2023 esse número caiu para 79. Em relação Furto em Propriedade Rural a redução, em 2022 foi de 3706 contra 3202, em 2023, que representa uma queda de 14%.

As pessoas também vão se acomodando e muitas vezes as pessoas esquecem o que era Goiás há exatamente a cinco anos atrás. Então eu sempre peço ao Coronel Bruno que mostre esses comparativos pra que as pessoas entendam o avanço que nós tivemos na totalidade.

Ronaldo Caiado

Leia mais sobre: / / / / / Política

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019