27 de junho de 2022
Goiânia • atualizado em 28/05/2020 às 16:28

Região Noroeste de Goiânia tem redução de 60% de homicídios

Redução de crimes ocorreu na região noroeste de Goiânia. Foto: Arquivo.
Redução de crimes ocorreu na região noroeste de Goiânia. Foto: Arquivo.

A quantidade de homicídios na região noroeste de Goiânia caiu em 60%, segundo dados do Comando do Policiamento da Capital, da PMGO.  A região é bastante populosa e era considerada uma das principais manchas de criminalidade.

“A região noroeste é bastante complexa, de comércio forte, grande população, e homicídio é um trabalho forte, com apoio das equipes especializadas e no primeiro trimestre uma redução considerável. A redução vem acontecendo ao longos dos últimos anos, mas foi mais expressiva e estamos comemorando”, destacou o comandante do Policiamento da Capital, coronel Edson Ferreira Moura.

De acordo com o coronel a tendência é para que no trimestre seguinte haja nova queda, mas que tende a não ser tão acentuada como nos três primeiros meses de 2020. “Estamos encerrando o segundo o mês, a tendência é de queda, talvez não seja tão considerável, mas talvez ocorra nova queda”, afirmou.

Continua após a publicidade

A região noroeste é coordenada pelo 13 º Batalhão da Polícia Militar. A unidade militar é responsável por cuidar da segurança de 126 bairros da cidade. Segundo o coronel Moura, a região é complexa.

Ele detalhou que a unidade é comandada pelo Major Euler Filho. Foi destacada a intensificação a abordagens a pessoas e veículos, apreensões de veículos irregulares, prisões em flagrante e operações direcionadas contra o tráfico conseguiram desarticular inúmeras organizações criminosas, em especial, ações de membros de facções criminosas o que culminou na diminuição das manchas criminais na região.

“Nós temos uma unidade militar responsável por mais de 120 bairros. Nós fizemos uma mudança de gestão no início do ano e o comandante local implantou diversas ações que resultou, é um trabalho sequencial, as ações proativas e isso refletiu na redução dos indicadores, com ações nos conselhos comunitários de segurança, patrulhamento, com as forças policiais”, disse.

Continua após a publicidade

Vale destacar ainda que a Força Nacional de Segurança esteve na região desde o segundo semestre do ano passado, quando foi lançado o programa “Em Frente Brasil”, com ações de segurança nas regiões oeste e noroeste da cidade. A ação contou com a presença da Força Nacional.

Pandemia

O comandante do policiamento da capital destacou que a pandemia do novo coronavírus não atrapalhou as ações relativas à Segurança Pública.

“A questão da pandemia de maneira geral não atrapalhou a segurança pública. Nós aumentamos nossa capacidade operacional, uma vez que tivemos que contribuir com as medidas do governo do estado sobre isolamento social e manter a operacionalidade”, afirmou.

Segundo o comandante, foram criadas áreas administrativas na Polícia Militar para cuidar de servidores que foram contaminados pelo novo coronavírus. Moura explicou que há policiais infectados e foram afastados, mas que a maior parte já voltou ao trabalho.