28 de junho de 2022
Cidades

Região de Aparecida de Goiânia volta à situação de calamidade no mapa de risco

Mapa de risco em Goiás no dia 30 de abril. (Foto: Reprodução/SES-GO)
Mapa de risco em Goiás no dia 30 de abril. (Foto: Reprodução/SES-GO)

A regional Centro-Sul, com sede em Aparecida de Goiânia, voltou a figurar entre as regiões que estão em situação de calamidade no mapa de risco da covid-19 em Goiás. A atualização da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) foi feita nesta sexta-feira (30).

No mapa de 23 de abril essa região estava em situação crítica, um cenário intermediário entre as três classificações da SES-GO.

Nos últimos sete dias houve também outras duas alterações. A regional Serra da Mesa, que engloba cidades como Uruaçu e Niquelândia, deixou a situação de calamidade e passou ao cenário crítico.

Continua após a publicidade

A região Norte também regrediu. Esta era a única regional no cenário de alerta, o mais brando do mapa de risco. Agora, porém, o norte goiano, onde fica Porangatu, está em situação crítica.

Outras 15 regionais não mudaram em relação à semana anterior. Entre elas está a região do Rio Vermelho, onde fica a Cidade de Goiás, que permanece em situação crítica. Todas as demais estão em calamidade.