08 de agosto de 2022
Cidades

Rede Itego abre 10 mil vagas e anuncia projetos em parceria com Sebrae

(Foto: Eduardo Ferreira/Goiás Agora).
(Foto: Eduardo Ferreira/Goiás Agora).

{nomultithumb}

O governador Ronaldo Caiado anunciou a abertura de 10 mil vagas, por ano, em cursos técnicos da rede Itego para alunos da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, a partir da assinatura de termos de cooperação entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedi) e a Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Foi assinado também, o protocolo de intenções entre o Estado, e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para execução dos projetos “Goiás Na Moda”, “Apoio a Parques Tecnológicos” e “Desenvolvimento da Cultura Empreendedora”.

Continua após a publicidade

A retomada das atividades do Itego Basileu França, escola referência no cenário cultural de Goiás, contou com o retorno de apresentações da Orquestra Sinfônica Jovem pelo Brasil. Além da abertura de quase 25 mil vagas de capacitação, em cursos técnicos de nível médio e superiores de tecnologia ofertadas em 2019, os  633 cursos profissionalizantes disponíveis na Rede Itego e as 4 mil novas vagas de cursos técnicos na modalidade EaD e a devolução da autonomia universitária aos gestores da UEG.

O protocolo de intenções assinado entre Governo de Goiás e Sebrae prevê a promoção dos cursos “Goiás Na Moda”, que buscará a integração da cadeia produtiva com as confecções da Rua 44, e de “Apoio a Parques Tecnológicos” e de “Desenvolvimento da Cultura Empreendedora”, esses últimos voltados para o setor tecnológico e empreendedorismo.

O diretor-superintendente do Sebrae, Derly Cunha, afirmou que os projetos do governo para área de inovação dão fôlego a todos aqueles que empreendem. “O papel do setor público é facilitar a vida dos empreendedores, criando um ambiente apropriado. Tanto o governo quanto o Sebrae tem uma crença em comum: são os empreendedores que levam o mundo em direção ao futuro”, afirmou.

Continua após a publicidade

As novidades foram apresentadas na manhã desta quarta-feira (24/07), em solenidade no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Durante evento, ainda foi apresentado o balanço de seis meses da Sedi, pasta considerada pelo governador como estratégica para alavancar o desenvolvimento de Goiás.

Campus Party

A realização da Campus Party pela primeira vez em Goiás, confirmada para os dias 4 a 8 de setembro, e o lançamento de quatro frentes parlamentares de apoio ao desenvolvimento econômico por intermédio dos parques tecnológicos estão entre os avanços na apresentados pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Adriano da Rocha Lima.

“A Campus Party não é uma feira, congresso ou espaço de negócios. É uma experiência tecnológica, talvez das mais profundas que há no mundo”, explicou Adriano.

LEIA TAMBÉM: “Capacitar empreendedores” esse é o passo para o desenvolvimento, diz secretário

Balanço

A Sedi alcançou a redução de R$ 23 milhões/ano com a revisão de contratos diversos. Nos contratos com OS´s, a economia com a revisão foi ainda maior, de R$ 38,4 milhões, garantindo a normalização dos repasses aos fornecedores, inclusive das próprias OS’s gestoras da Rede Itego.

O governador destacou que o objetivo é crescer no sentido de projetos. Com desenvolvimento empreendedor e parques tecnológicos, digitalização de serviços, lançamento do Programa de Aceleração Estadual.

Além da construção de 11 unidades do projeto Include nas cidades mais carentes de Goiás, Lançamento de 5 Real Labs (laboratórios de prototipagem) na Rede Itego e extensão dos Vapt Vupts por meio das agências dos Correios, nos 246 municípios do Estado.