12 de junho de 2024
Saúde

Rede Hemo abre, nesta quarta-feira (5), campanha Junho Vermelho dedicada à doação de sangue

Ação contará com uma série de atividades lúdicas, voltadas a todas as faixas etárias
Foto: Iron Braz
Foto: Iron Braz

A Rede Estadual de Serviços Hemoterápicos (Rede Hemo), do Governo de Goiás, abre, nesta quarta-feira (05), a programação da campanha “Junho Vermelho”, dedicada ao incentivo à doação de sangue. A abertura da ação, realizada no estacionamento do Hemocentro Estadual Coordenador Prof. Nion Albernaz, contará com atividades voltadas ao público de todas as idades.

Ao todo, serão instalados quatro stands, cada um voltado à determinada faixa etária e com temas distintos. São eles: ‘Turma do Futuro’, com crianças de 3 a 7; ‘Turma Já Quero Doar’, para crianças e adolescentes de 8 a 17 anos; ‘Turma Sou Doador’, que abrange as pessoas de 18 a 59; e a ‘Turma da Experiência’, para o público com mais de 60 anos.

Trata-se, segundo o Governo do Estado, da campanha ‘Para Sempre Doador – De Geração em Geração’, uma ação conjunta que envolve vários hemocentros de todo o país. De acordo com a diretora-geral da Rede Hemo, Denyse Goulart, a iniciativa tem como objetivo incentivar a doação de sangue voluntária e altruísta no Brasil, por meio do convite a doadores de várias gerações para continuar realizando esse gesto de solidariedade, cidadania e responsabilidade social.

“O evento é um convite para que todas as gerações se envolvam e ajudem a manter vivo esse compromisso de solidariedade”, frisou. “Estamos preparando jogos da memória, argolas, pescaria e outros. Todos com o tema da doação de sangue. Além de entreter, queremos fidelizar quem tanto nos ajuda a manter nossos estoques seguros, seja doando, ou propagando a mensagem da doação de sangue”, acrescentou Goulart.

Junho Vermelho

A campanha Junho Vermelho foi criada para conscientizar e incentivar a população sobre a importância de ser um doador. No Brasil, menos de 2% da população doa sangue regularmente, segundo o Governo do Estado, e a principal faixa etária envolvida com a doação é a de pessoas entre 25 e 34 anos. Jovens com menos de 24 anos e pessoas acima dos 35 anos têm uma menor participação na doação de sangue no país.

Idealizado pelo movimento Hemocentros Unidos, a campanha Junho Vermelho de 2024 é um convite para que todas as gerações se envolvam e ajudem a manter vivo o compromisso de solidariedade com a vida. A partir da experiência de doar e da satisfação de cada doador em participar dessa ação que salva vidas, é possível entender e explicar a importância de ser, para sempre, um doador.


Leia mais sobre: / / / / Cidades