18 de abril de 2024
São Paulo

Receita Federal se manifesta sobre incêndio em depósito de empresa terceirizada; entenda

O Corpo de Bombeiros afirmou que não houve vítimas fatais
Não houve divulgação, até o momento, sobre o que foi perdido no incêndio. (Foto: reprodução)
Não houve divulgação, até o momento, sobre o que foi perdido no incêndio. (Foto: reprodução)

Depois que um incêndio de grandes proporções atingiu o depósito Dínamo Inter-Agrícola, utilizado pela Receita Federal em Santos, litoral de São Paulo, o órgão se manifestou. Em nota, sobre relação ao incêndio em depósito de empresa terceirizada, a informação dada foi de que incêndio “começou na madrugada desta segunda-feira (19)”.

Ainda de acordo com a divulgação, na ocasião, equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil atuam no local desde então. Outros galpões também foram atingidos, mas ainda não se sabe onde começou o incêndio.

Outra informações preliminares dão conta que o Corpo de Bombeiros afirmou que não houve vítimas fatais. “A Receita Federal monitora de perto o ocorrido. Autoridades da Instituição no estado de São Paulo estão mobilizadas desde cedo acompanhando o caso. Assim que tivermos mais informações, repassaremos à imprensa”, finaliza a nota.

As chamas, que começaram por volta da 1h30 desta segunda-feira (19), foi combatida por dez equipes do Corpo de Bombeiros, de Santos, São Vicente, Praia Grande e Cubatão, que foram convocadas para combater o fogo.

Não houve divulgação, até o momento, sobre o que foi perdido no incêndio.


Leia mais sobre: / / Brasil

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.