27 de junho de 2022
Destaque 2

Radialista e deputado Humberto Aidar é favorito para vaga no TCM; Max Menezes assumiria cadeira na Alego

Foto: divulgação/Alego.
Foto: divulgação/Alego.

O Radialista e deputado estadual Humberto Aidar (MDB) é o mais cotado para assumir a cadeira de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCM) após pedido de aposentadoria de Nilo Resende.

Em entrevista ao O Popular, o conselheiro disse que ficou mais à vontade para pedir sua aposentadoria ao saber que a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) pretende indicar Aidar para a vaga, esse nome o motivou a antecipar sua saída do tribunal.

“A Assembleia estava querendo indicar um conselheiro que é muito amigo meu. O Humberto é uma cara extraordinário, conversamos várias vezes. É um ciclo, é uma roda que gira”, disse Nilo.

Continua após a publicidade

O conselheiro não negou que existia uma pressão para que ele saísse e, assim, a Alego indicasse Humberto, a atitude o ajudou a acelerar a aposentadoria.

“Os caras chegavam e falavam ‘Nós que te indicamos para lá, uai, chegou o momento de você retribuir’. Então houve isso? Houve. Foram dois, três deputados”, explicou Nilo.

No TCM desde 2013, Nilo Resende explicou durante sessão virtual, nesta quarta-feira (12), que está se aposentando “por tempo de contribuição, com proventos fixados de forma integral”. Ele tem 62 anos e disse ainda que está em conversa com a família para decidir o que fará num futuro próximo, quiçá disputar um mandato de deputado nas próximas eleições.

Continua após a publicidade

Se a indicação de Humberto Aidar for confirmada, o que já é falado desde o início de 2020, ele deixa a cadeira de deputado estadual. Com a sua saída, o substituto seria o secretário de Desenvolvimento Urbano de Aparecida de Goiânia, Max Menezes (MDB).