15 de abril de 2024
MANIFESTAÇÃO

Público na manifestação pró-Bolsonaro na Paulista gera polêmica; entenda

Segundo o monitor da USP, ato pró-Bolsonaro reuniu 185 mil pessoas, mas SSP fala em 600 mil pessoas na Paulista
Ato pró-Bolsonaro foi convocado durante a investigação da Polícia Federal contra o ex-presidente. (Foto: Hal Wildson)
Ato pró-Bolsonaro foi convocado durante a investigação da Polícia Federal contra o ex-presidente. (Foto: Hal Wildson)

A manifestação pró-Bolsonaro na Avenida Paulista, em São Paulo, aconteceu neste domingo (25), mas ainda não se sabe quantas pessoas ao certo estiveram no movimento. Segundo a estimativa do Monitor do Debate Político, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP), o ato reuniu 185 mil pessoas no pico, que aconteceu às 15h.

Entretanto, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) estima que a manifestação convocada por Bolsonaro reuniu 600 mil pessoas. Sobre o público total, a SSP afirma que atingiu 750 mil, considerando os presentes na Paulista e os manifestantes nas ruas adjacentes.

O ato pró-Bolsonaro foi convocado durante a investigação da Polícia Federal, em que o ex-presidente é suspeito de participar de uma tentativa de golpe de Estado para permanecer no poder.

Monitor do Debate Político

De acordo com o Monitor do Debate Político da USP, às 17h, a contagem do grupo registrou cerca de 45 mil pessoas, resultados vindos de fotos aéreas com o auxílio de um software. Foram 43 fotos entre 15h e 17h e cada foto foi repartida em oito pedaços, sendo aplicado um método chamado Point to Point Network que identifica cabeças e estima a quantidade de pessoas.

Na contagem de público, o erro percentual é de 12% para mais ou para menos.

Segundo o monitor da USP, o ato pró-Bolsonaro reuniu mais pessoas que a manifestação que celebrou a vitória de Lula na presidência, na eleição de 2022, em que 58,2 mil pessoas se reuniram.

Estimativa SSP

A manifestação pró-Bolsonaro reuniu 600 mil pessoas, de acordo com a SSP. Se consideradas as informações da Secretaria, o número de presentes ultrapassou o registrado nos atos de Bolsonaro anteriores na Avenida Paulista.

Entretanto, a estimativa da SSP traz que o número de presentes não ultrapassou a quantidade durante a campanha pelo impeachment de Dilma Rousseff, em 2015, que reuniu 1,4 milhão de pessoas. Esse é considerado o maior protesto registrado na Avenida Paulista.

O ato pró-Bolsonaro, no entanto, superou os movimentos de 7 de setembro de 2021 e 2022, quando 50,4 mil e 125 mil pessoas foram para a Avenida Paulista em favor de Bolsonaro.


Leia mais sobre: / / / / / Política

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.