18 de abril de 2024
Formação • atualizado em 04/02/2024 às 21:57

PT goiano busca diálogo com partidos indecisos que compõem aliança com governo estadual

Durante convenção, o PT oficializou a pré-candidatura de Adriana Accorsi à prefeitura de Goiânia nas eleições deste ano
Presidente do PT em Goiás, Kátia Maria e Adriana Accorsi. Foto - Reprodução
Presidente do PT em Goiás, Kátia Maria e Adriana Accorsi. Foto - Reprodução

Em meio a movimentação política em Goiânia e em busca de uma definição, o Partido dos Trabalhadores em Goiás (PT) oficializou, durante convenção realizada neste sábado (3) na capital, o nome da Delegada Adriana Accorsi como pré-candidata à gestão municipal nas eleições deste ano.

Na tentativa de formar novas alianças, a presidente do PT em Goiás, Kátia Maria, ressalta que a sigla busca diálogo com outros partidos que ainda estão em dúvida sobre qual caminho seguir, tanto partidos do governo federal quanto os que compõem aliança com o governador Ronaldo Caiado (UB).

”Então a gente vai numa crescente para quando chegar em julho, esses partidos que ainda estão indecisos de onde caminharão, como alguns na gestão do prefeito mas que acenam que vão sair, e outros no governo do estado mas tem dúvida se vai estar na aliança que o governador está construindo, estamos dialogando com todos eles e queremos que eles estejam conosco”, afirma Kátia Maria.

Vale lembrar que a Delegada Adriana Accorsi vai concorrer, pela segunda vez, à prefeitura de Goiânia.

Ainda durante o evento, o PT também lançou o Movimento Somar por Goiânia, movimento este que segundo o partido, vai funcionar como ”um grito” coletivo por mudança, para todos que sonham com uma Goiânia mais justa, inclusiva e vibrante.

Uma das estratégias de Adriana Accorsi para vencer as eleições, segundo ela, será reunir a classe trabalhadora e empresários, além de movimentos sociais e políticos pela capital.


Leia mais sobre: / / / Política