25 de maio de 2024
Eventos esportivos

Projeto ‘política Vini Jr.’ de combate ao racismo nos estádios em Goiânia avança na Câmara

Projeto segue para análise da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia, antes de retornar à segunda votação em Plenário
A proposta faz referência ao jogador do Real Madrid e da Seleção Brasileira, vítima de recorrentes ataques racistas na Espanha. (Foto: Pablo Morano/Reuters).
A proposta faz referência ao jogador do Real Madrid e da Seleção Brasileira, vítima de recorrentes ataques racistas na Espanha. (Foto: Pablo Morano/Reuters).

O projeto de lei (PL 219/2023) foi aprovado, em primeira votação, na Sessão Ordinária desta terça-feira (23) na Câmara Municipal de Goiânia. O texto propõe a instituição da Política Municipal “Vini Jr.” de Combate ao Racismo em ginásios, estádios e eventos nas arenas esportivas da capital. Agora, o projeto segue para análise da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia, antes de retornar à segunda votação em Plenário.

O projeto é de autoria do vereador Lucas Kitão (União Brasil) e segundo a proposta, Goiânia contará com protocolo para a divulgação e realização de campanhas educativas de combate ao racismo, nos períodos de intervalo ou que antecedem eventos esportivos ou culturais, divulgação de políticas públicas voltadas para o atendimento às vítimas de racismo, além de instrução de funcionários e de prestadores de serviços para identificação de atos racistas.

Nosso objetivo é tornar eventos culturais e esportivos locais acolhedores para toda a comunidade esportiva. Dos torcedores aos jogadores de futebol, é preciso preservar todos e punir casos de racismo em Goiânia.

Lucas Kitão

Vini Jr sofre racismo

A proposta faz referência ao jogador do Real Madrid e da Seleção Brasileira, vítima de recorrentes ataques racistas na Espanha e que se tornou símbolo da causa antirracista. O jogador também é embaixador da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Em 2023, o atacante foi vítima de mais uma ação racista em um estádio espanhol. Durante a derrota da equipe dele para o Valencia por 1 a 0, no Estádio Mestalla, casa dos adversários, Vini escutou insultos racistas e gritos de ‘macaco’ vindos das arquibancadas. Na época, em entrevista coletiva após o jogo, o técnico do Real Madrid, o italiano Carlo Ancelotti, se mostrou revoltado e incrédulo com o acontecimento.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Goiânia

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019