25 de fevereiro de 2024
Destaque

Projeto Flores está na 11ª etapa e já ajardinou cerca de 50m² de plantas ornamentais, em Goiânia

Foto: divulgação/Comurg.
Foto: divulgação/Comurg.

Foi dado o início da 11ª etapa do Projeto Flores da prefeitura de Goiânia, nesta quinta-feira (2). O intuito da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) é ajardinar os canteiros da capital com aproximadamente 50m² de plantas ornamentais.

De acordo com os responsáveis pelo projeto, plantas como Tagetes Patula tangerine, Tagetes Erecta Yellow, Tagetes Erecta Orange, Tagetes Durango Rose, Lantana Camara Rose, Salvia Splendens Mixture, Zinnia Marylandica Cherr são usadas pela Comurg neste propósito de adornar a cidade.

Nesta nova etapa — de acordo com a prefeitura –, serão contemplados os setores Vila Mutirão, na Av. do povo; Setor Oeste na praça Léo Lynce e Av. Portugal, Setor Coimbra na Praça Ciro Lisita, Setor Aeroporto na Av. República do Líbano, Jardim Guanabara no trevo Guanabara, e Setor Marista nas Avenidas 136 e 85.

Segundo dados atualizados da prefeitura, a capital tem 31 mil m2 de flores espalhadas pelos canteiros públicos. A Comurg prevê estender para 80 mil m², já que é uma proposta do prefeito Rogério Cruz.

O presidente da Comurg, Alex Gama, destaca que a capital possui cerca de 1,3 mil praças públicas que recebem, dentro do cronograma, o plantio e substituição das plantas ornamentais.

“Além do Projeto Flores, estamos fazendo a manutenção e limpeza dos canteiros das demais áreas verdes, um importante trabalho para uma cidade mais bonita e colorida. Nossa meta é tornar Goiânia uma das cidades mais arborizadas do mundo”, diz Alex Gama.


Leia mais sobre: / Destaque / Goiânia