29 de maio de 2024
Saúde • atualizado em 24/11/2023 às 08:22

Projeto em Goiás fornecerá tratamento com cannabis sem custo nenhum; entenda

Se trata de uma parceria público-privada que visa coletar dados e "desmistificar" o uso do composto, de origem vegetal
A formalização da ação ocorreu na sede da Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego) e é desenvolvida em parceria a Golden BRZ CBD. (Foto: divulgação)
A formalização da ação ocorreu na sede da Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego) e é desenvolvida em parceria a Golden BRZ CBD. (Foto: divulgação)

O Estado de Goiás abriga um projeto pouco conhecido, mais que tem o objetivo de estudar ainda mais e destacar a efetividade dos produtos e do tratamento com Cannabis Medicinal, opção terapêutica que auxilia a combater diversas patologias e tem, como principal componente, o canabidiol (CBD). Além de Goiás, o projeto deve ocorrer em todo o Brasil, porém, a formalização da ação ocorreu em Goiânia, na sede da Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego), onde é desenvolvida em parceria a Golden BRZ CBD.

A Golden BRZ CBD é representante da Isospec, uma multinacional de renome internacional na produção de produtos à base de cannabis e o nome da ação é ‘Projeto Mãe de Cannabis’, que conta também com o apoio da Associação Brasileira das Indústrias de Cannabis (ABICANN).

Além de estudar e destacar o tratamento com cannabis, outro objetivo da proposta é melhorar significativamente a vida de um grupo inicial de 30 a 50 pacientes, com foco especial em crianças afetadas por microcefalia relacionada ao surto de zika vírus de 2016, bem como indivíduos diagnosticados com autismo, Alzheimer e Parkinson.

“Compreendemos que nossa função vai além do comércio. Temos uma responsabilidade social e é essencial que contribuamos para o bem-estar da comunidade”, disse Adair de Souza Camargo Junior, CFO da Golden BRZ CBD/Isospec e matéria divulgada no O Globo.

A promessa é que, em breve, o projeto será ampliado, convidando outros participantes, sejam eles do setor privado, público ou de entidades sem fins lucrativos, para unir esforços em benefício da comunidade.

“Nosso objetivo vai além de simplesmente fornecer o tratamento. Queremos mudar a narrativa em torno do uso da Cannabis Medicinal. Acreditamos firmemente que esse tipo de tratamento não deve ser visto como um último recurso, mas sim como uma das primeiras opções a serem consideradas. Isso é especialmente crítico em casos onde os tratamentos convencionais não tiveram o sucesso esperado ou trouxeram efeitos colaterais indesejados”, ressaltou José Carlos, Presidente da Iquego, durante a reunião inaugural da parceria, também na mesma reportagem do O Globo.

No fim das contas, o parceria público-privada, que começou em agosto de 2022, vai, ainda, coletar dados e desmistificar o uso da Cannabis. Seu escopo inclui a coleta de dados completos sobre a eficácia do tratamento, efeitos colaterais, qualidade de vida dos pacientes e outros indicadores relevantes para futuras pesquisas e políticas públicas, enquanto a Golden BRZ CBD/Isospec assume o fornecimento dos medicamentos.


Leia mais sobre: / Notícias do Estado

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.