08 de agosto de 2022
Política

Projeto de encampação da Enel será pautado no retorno dos trabalhos legislativos, diz Lissauer

Lissauer Vieira, presidente da Assembleia de Goiás: "Sou independente"(foto Rádio Bandeirantes Goiânia)
Lissauer Vieira, presidente da Assembleia de Goiás: "Sou independente"(foto Rádio Bandeirantes Goiânia)

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), revelou que o projeto de encampação da Enel vai à segunda votação assim que a Casa retomar as atividades, em fevereiro.

A matéria foi aprovada na CCJ e em primeira votação em plenário por unanimidade. Por conta da pauta cheia no fim de 2019, porém, não foi apreciada em votação definitiva.

“Como estávamos com muitas matérias polêmicas, não tínhamos tempo hábil, tanto que fomos até dia 21 de dezembro. Preferimos não colocar em pauta e colocar agora na volta dos trabalhos legislativos. Com certeza será pautado na primeira semana”, revelou em entrevista à Rádio Bandeirantes Goiânia.

Continua após a publicidade

Questionado sobre as ações tomadas pela Enel após as ações, tanto de deputados quanto do Poder Executivo, para tentar melhorar o serviço, Lissauer avalia que houve avanços, mas graças às duras cobranças dos poderes.

“Creio que sim, mas ainda estamos longe do ideal. Mas se você for observar, depois das ações que tivemos, se vê mais veículos nas ruas, assistências melhores um call-center que começa a dar respostas. A gente não ouve tantos relatos como ouvíamos há alguns meses de cidades menores e zona rural que ficavam 15, 16 dias sem energia elétrica e assistência da Enel. Tudo é ação da cobrança que estamos fazendo”, ponderou.