28 de maio de 2024
Mercado de trabalho

Programa Mais Empregos oferta vagas em Goiânia e Região com salários de até R$ 4 mil

Ao todo, são mais de 4 mil vagas no estado, sendo 2,1 mil em Goiânia e Região Metropolitana, com remunerações que vão de um salário mínimo até R$ 4 mil
O Programa Mais Empregos oferta vagas em Goiânia e outras cidades. Foto: Reprodução
O Programa Mais Empregos oferta vagas em Goiânia e outras cidades. Foto: Reprodução

Neste início de 2024, o Programa Mais Empregos do Governo de Goiás está com mais de 4 mil vagas de emprego disponíveis. Destas, 2,1 mil são para atuar em Goiânia e Região Metropolitana. As remunerações vão de um salário mínimo até R$ 4 mil, dependendo do cargo.

Para se candidatar, o interessado pode procurar a Central Mais Empregos, no centro da capital – localizada na Av. Araguaia, esquina com Rua 15 – os postos do Sine nos Vapt Vupts ou acessar o aplicativo Minha Vaga!. Somente no aplicativo estão cadastradas 3,1 mil vagas.

Na Central Mais Empregos ainda estão disponíveis atendimentos especiais, como auxílio na confecção do currículo e inscrição em cursos profissionalizantes gratuitos, que garantem a capacitação exigida por algumas empresas.

Destaques

Entre as oportunidades de vagas de emprego disponíveis, as das áreas administrativa, de estoque, vendas e construção civil concentram o maior número. Nestas, as remunerações são a partir de um salário mínimo até R$ 2,5 mil. Algumas funções ofertam remunerações maiores, como supervisor de manutenção e mecânica (R$ 4 mil); auxiliar de pessoal (R$ 3,3 mil) e motorista carreteiro (R$ 3 mil), esta última com 15 vagas.

No ano passado, foram ofertadas 51,6 mil vagas de emprego pelo programa Mais Empregos do Governo de Goiás, sendo 18,7 mil em serviços e 13,9 mil no comércio. Um total de 27,4 mil trabalhadores se inscreveram para as vagas ofertadas nos diversos segmentos econômicos. Destes, 8,9 mil foram contratados de acordo com o feedback das empresas.


Leia mais sobre: / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.