16 de julho de 2024
Conectividade e Monitoramento

Programa Goiânia Conecta é apresentado pela Prefeitura nesta segunda (24)

O prefeito Rogério Cruz irá vistoriar locais de wi-fi gratuito na capital e a Central de Monitoramento de Segurança
Divulgação
Divulgação

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia de Goiânia (Sictec), apresenta, nesta segunda-feira (24), o programa Goiânia Conecta. A agenda começa às 9h, na Praça Universitária, quando o prefeito Rogério Cruz falará com a imprensa, e está prevista para terminar às 10h30, no Centro de Monitoramento, que fica no Paço Municipal.

Goiânia 24h

Na ocasião, o prefeito irá mostrar as novidades do aplicativo Goiânia 24h. Além dos agendamentos da Saúde, a partir de agora será possível comprar bilhetes de estacionamento da Área Azul e ingressos para o Zoológico. São os resultados dos investimentos destinados à segurança pública e conectividade, que promovem eficiência na gestão e impactam diretamente o bem-estar social.

Conectividade

Para promover a conectividade, foram instalados, de acordo com a Prefeitura, 300 km de backbone e fibras de distribuição, permitindo o acesso à internet para câmeras de segurança e dispositivos da Internet das Coisas (IoT). Também serão disponibilizados 50 pontos de wi-fi público gratuito, com 20 pontos previstos para funcionamento até o final deste mês de junho.

Monitoramento

Goiânia conta, atualmente, com 50 dispositivos IoT, instalados em pontos estratégicos da cidade, monitorando temperatura, umidade e pressão atmosférica para prevenir desastres naturais, como enchentes, em áreas identificadas pela Defesa Civil.

No que diz respeito ao videomonitoramento, foram adquiridas 345 novas câmeras, incluindo modelos bullets, speed dome e LPR (leitura de placas), integradas ao Centro de Controle Integrado, totalizando 3.195 câmeras de videomonitoramento em toda a cidade, segundo dados do Executivo municipal.

O Centro de Controle Integrado foi ampliado, contando com a participação de diversos órgãos, como a Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), a Agência da Guarda Civil Metropolitana (GCM), a Defesa Civil e técnicos especializados da Sicitec.

Além disso, uma Parceria Público-Privada (PPP) foi estabelecida para ampliar o monitoramento, possibilitando o acesso do Centro de Controle Integrado a câmeras privadas externas. Isso inclui o uso de software de inteligência artificial para detectar placas, pessoas e objetos suspeitos, visando aprimorar a segurança e auxiliar os órgãos de segurança pública.


Leia mais sobre: / / Cidades