18 de abril de 2024
EDUCAÇÃO

Programa AlfaMais: avaliação de aprendizagem salta 40% desde 2022, relata Educação Estadual

Iniciativa do Governo de Goiás, Programa AlfaMais tem o objetivo de garantir a alfabetização das crianças goianas
Idade prevista das crianças integradas no programa são aquelas que estão no final do segundo ano do ensino fundamental. (Foto: Altair Tavares/Diário de Goiás)
Idade prevista das crianças integradas no programa são aquelas que estão no final do segundo ano do ensino fundamental. (Foto: Altair Tavares/Diário de Goiás)

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), lançou o Programa AlfaMais Goiás, com objetivo de fortalecer o regime de colaboração entre Estado e Municípios, garantindo a alfabetização de todas as crianças goianas. Segundo a superintendente dos anos iniciais e finais da Seduc, Giselle Faria, a idade prevista das crianças integradas no programa são aquelas que estão no final do segundo ano do ensino fundamental.

“Ele [Programa AlfaMais] tinha um número muito grande de crianças que estavam no segundo ano e que não sabiam ler, escrever, não sabiam as letras. Então, já iam para o terceiro, quarto, quinto, fundamental 2, médio, sem estar alfabetizado”, pontuou a problemática.

De acordo com a superintendente, a situação se agravou com a pandemia, uma vez que “não se alfabetiza por meio de aula online, que não seja presencial”. Portanto, conforme os resultados de 2022, referentes ao trabalho de 2021, foram conquistados 49% dos alunos da rede municipal alfabetizados, enquanto em 2023 foram 56% e em 2024, 78%.

Programa AlfaMais

O Programa AlfaMais já está em vigor nos 246 municípios goianos, contemplando cerca de 300 mil crianças que recebem material didático e são alfabetizados por professores bem instruídos. A superintendente afirma que durante o ano são realizadas reuniões com secretários, prefeitos, diretores de escolas e coordenadores.

“Nosso governador quando trouxe esse programa para o estado de Goiás, ele tomou cuidado. Esse programa tem a lei que institui ele votada pela assembleia, a premiação tem lei, toda a parte de bolsa de avaliação, tudo tem a sua legislação votada pela Alego [Assembleia Legislativa de Goiás]. A gente vai estabelecendo uma governança, que é justamente para isso, para ser um programa de estado”, diz.

O Programa AlfaMais se propõe a promover o engajamento de gestores do Estado, dos municípios e das escolas, de profissionais da educação, estudantes, pais e demais parceiros no planejamento. Conforme informado no site da Seduc, os caminhos a serem trilhados por meio da iniciativa “exigem a qualificação das equipes técnicas, a formação de gestores e professores, avaliações e acompanhamentos das aprendizagens e dos contextos educativos”.

“O programa visa chamar atenção para a importância do compromisso conjunto para que todos os estudantes do território goiano tenham assegurado o direito de ser alfabetizado, que, segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), se dá nos 1º e 2º anos do ensino fundamental”, informa a Educação.


Leia mais sobre: / / / / / / / Cidades

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.