08 de agosto de 2022
Denúncia

Procon Goiânia notifica Burger King por propaganda enganosa

Rede de fast food recebe denúncia por sanduíche “Whopper Costela” ser feito apenas com aroma de costela
Procon Goiânia fiscaliza unidades Burger King da capital. Foto: Divulgação/Procon Goiás
Procon Goiânia fiscaliza unidades Burger King da capital. Foto: Divulgação/Procon Goiás

O Procon Goiânia notificou, nesta terça-feira (3), a rede de fast food Burger King. A ação se deu após fiscalização em unidades localizadas na capital, em razão de denúncias de consumidores sobre o sanduíche “Whopper Costela”, cujo hambúrguer não é feito de costela.

A empresa foi notificada a apresentar explicações sobre a composição e a campanha publicitária do sanduíche, após a divulgação de nota na qual a rede admite que a carne é produzida à base de paleta suína e com “aroma 100% natural de costela suína”.

O Burger King tem 20 dias para resposta e apresentação da tabela nutricional do referido sanduíche. O recurso deve atestar a composição da carne, molhos, aditivos e outros componentes do hambúrguer, além de documentos que comprovem testes de qualidade, processo de manipulação, acondicionamento e tempo indicado para consumo. Caso fique comprovado que houve indução do consumidor a erro, o restaurante pode ser multado por publicidade enganosa em até R$ 10 milhões.

Continua após a publicidade

Na mesma operação, os fiscais também pediram explicações sobre a promoção que permite, na compra de qualquer sanduíche, 30 minutos para consumo de refrigerante à vontade nas dependências do restaurante.  

O presidente do Procon Goiânia, Jeová Alcântara, afirma que o órgão se empenha na notificação de empresas por publicidade enganosa, “uma vez que atua na defesa do cidadão no que toca às relações de consumo e evita que o consumidor seja induzido ao erro”. 

Na semana passada, o órgão notificou a rede McDonald’s pela mesma prática, após relatos de que o sanduíche “McPicanha” não apresentava carne de picanha na composição do hambúrguer.

Continua após a publicidade