25 de maio de 2024
BENEFÍCIO

ProBem: 4 mil novos bolsistas universitários são oficialmente incluídos no programa

Com a inclusão dos novos bolsistas, o ProBem atinge a marca de 14.600 contemplados em Goiás
O evento que marcou o momento aconteceu no Teatro Rio Vermelho, em Goiânia. (Foto: Aline Cabral)
O evento que marcou o momento aconteceu no Teatro Rio Vermelho, em Goiânia. (Foto: Aline Cabral)

O Programa Universitário do Bem (ProBem), concedido pelo Governo do Estado por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Goiás Social, recebeu 4 mil novos bolsistas que foram incluídos oficialmente nesta quinta-feira (29). Com isso, 3 mil estudantes receberão bolsas parciais, enquanto mil receberão bolsa integral.

O evento que marcou o momento aconteceu no Teatro Rio Vermelho, em Goiânia, em que houve assinatura do Termo de Adesão ao benefício. Com a inclusão dos novos bolsistas, o ProBem atinge a marca de 14.600 contemplados em Goiás, beneficiando estudantes de 243 municípios ou distritos goianos.

Além disso, 40.823 universitários bolsistas são amparados pelo programa, como por exemplo a estudante com bolsa integral de Medicina na Universidade de Rio Verde (UniRV). “A OVG tem sido o caminho para transformar o meu sonho em realidade. Agora, eu consigo focar apenas nos meus estudos, sem me preocupar financeiramente, graças ao Governo de Goiás, a minha jornada acadêmica está segura e o meu futuro também”, afirmou.

A primeira-dama, presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, Gracinha Caiado, a iniciativa é importante para que os estudantes iniciem a jornada profissional. “A partir de hoje, vocês começam uma nova caminhada rumo a um futuro profissional. E o Goiás Social tem orgulho de estar ao lado de cada um de vocês. Aproveitem a oportunidade e se dediquem muito para se tornarem excelentes profissionais”, diz.

ProBem

As famílias em situação de vulnerabilidade social de todo o estado são identificadas por meio do Cadastro Único (CadÚnico), que fornece dados para o ProBem. As bolsas são divididas entre parciais e integrais, correspondendo a 50% do valor da mensalidade, limitadas a R$ 650, ou a 100% do valor, até R$ 1.500.

Entretanto, em casos como o de Bruna, em que os alunos cursam Medicina ou Odontologia, o valor é maior, sendo R$ 2.900 para parciais e R$ 5.800 para integrais. Além das bolsas, o ProBem oferece acompanhamento para a família dos bolsistas mais vulneráveis.


Leia mais sobre: / / / / / / Notícias do Estado

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.