24 de junho de 2024
Manifestações

PRF afirma que rodovias do Brasil estão livres de bloqueios, mas em 24 há interdições parciais

Instituição policial desfez 936 manifestações que totalizaram R$ 18 milhões em autuações
As interdições que restam estão nos estados do Amazonas, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul, do Pará e de Rondônia. (Foto: reprodução)
As interdições que restam estão nos estados do Amazonas, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul, do Pará e de Rondônia. (Foto: reprodução)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou na noite desta quinta-feira (3), em suas redes sociais, que todas as rodovias federais do Brasil estão livres de bloqueios. Apesar disso, ainda ainda há 24 interdições parciais. Até a manhã desta mesma quinta-feira era 73 as obstruções locais, sendo 60 interdições e 13 bloqueios, que é quando o fluxo fica totalmente impedido.

As interdições que restam estão nos estados do Amazonas (2), do Mato Grosso (7), do Mato Grosso do Sul (1),do Pará (6) e de Rondônia (8). Ainda segundo a PRF, até o momento, foram desfeitas 936 interdições ou bloqueios nas estradas federais com autuações que somaram mais de R$ 18 milhões.

As manifestações, consideradas antidemocráticas, começaram na segunda-feira (31) de madrugada, após apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), não concordaram com o resultado da eleição que elegeu o candidato e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT.

Com isso, ainda nesta quinta, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, chegou a dar 48 horas para que a PRF apresentasse um relatório detalhado com todas as multas aplicadas contra pessoas que realizaram bloqueios nas estradas. Moraes também afirmou que quem participasse das manifestações antidemocráticas de forma a impedir o cerceamento das pessoas, seria tratado como criminoso.

Com informações da Agência Brasil


Leia mais sobre: / / / Brasil

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.