15 de agosto de 2022
Violência Doméstica • atualizado em 28/07/2022 às 15:33

Preso suspeito de agredir e manter esposa em cárcere privado, em Aparecida de Goiânia

No local, a equipe se deparou com a vítima, que apresentava uma lesão no rosto, próxima ao olho esquerdo, e confirmou estar sofrendo violência doméstica
(Foto: Divulgação / Polícia Civil)
(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta quarta-feira (27), um homem suspeito de agredir e manter sua esposa em cárcere privado, em Aparecida de Goiânia. De acordo com a corporação, ao receber a denúncia, de imediato, a autoridade policial determinou que uma equipe fosse até o endereço mencionado no registro, a fim de averiguar a procedência das informações e o possível cometimento dos crimes referidos.

No local, a equipe se deparou com a vítima, que apresentava uma lesão no rosto, próxima ao olho esquerdo, e confirmou estar sofrendo violência doméstica praticada por seu companheiro, com quem convive há um ano.

LEIA TAMBÉM: Mais um detento é morto na Casa de Prisão Provisória de Aparecida

Continua após a publicidade

Ainda de acordo com a vítima, seu companheiro a impede de sair, ter convívio social, vigia suas conversas no celular e, no dia anterior, havia sido agredida fisicamente por ele após ver uma mensagem de whatsapp que ela recebeu de um homem, tendo então dado vários tapas em seu rosto e murros pelo corpo.

Segundo a Polícia Civil, depois do fato, ele desconfiou que ela sairia de casa e ontem a ameaçou, dizendo que a mataria caso o denunciasse. O companheiro da vítima saiu no portão quando os policiais conversavam com ela e foi então detido e levado para a Deam, junto com a vítima, para lavratura da prisão em flagrante.