09 de agosto de 2022
Piracanjuba

Polícia prende preventivamente homem que mutilou cachorro após dona do animal cobrá-lo de uma dívida

Ele responderá pelos crimes de maus-tratos de animais e ameaça, cujas penas somadas podem atingir mais de 5 anos de prisão
Autor foi preso nesta quinta-feira (21), em uma propriedade da zona rural de Piracanjuba, onde se encontrava escondido desde o crime (Foto: Divulgação Polícia Civil)
Autor foi preso nesta quinta-feira (21), em uma propriedade da zona rural de Piracanjuba, onde se encontrava escondido desde o crime (Foto: Divulgação Polícia Civil)

A Polícia Civil (PC), por meio da Delegacia de Piracanjuba, cumpriu na quinta-feira (21/7) mandado de prisão preventiva em face de um homem de 43 anos, pelos crimes de maus-tratos de animais e ameaça contra a dona do animal. Conforme apurado pela PC, o autor era cliente assíduo do bar da dona do animal. Após acumular muitas dívidas referentes a bebidas alcoólicas, a proprietária passou a cobrá-lo. Mesmo após as cobranças, o investigado continuou frequentando o local, porém passou a ameaçar a dona e sua filha.

De acordo com a polícia, na madrugada do último sábado (16), após ingerir grande quantidade de bebida, o autor foi novamente cobrado, oportunidade em que se retirou do local em direção a sua residência. Ao chegar em sua casa, percebeu que o cão da proprietária havia o seguido. Nesse instante, ele recolheu o animal em sua residência, buscou uma faca de cozinha, e retirou brutalmente os testículos do cão a “sangue frio”. Em seguida, jogou os testículos e o animal na rua.

LEIA TAMBÉM: Motociclista morre após atropelar uma pedestre, em Goiânia (diariodegoias.com.br)

Continua após a publicidade


Após saber do ocorrido, a Polícia Civil iniciou as investigações, colhendo diversas provas que possibilitaram a representação pela sua prisão preventiva. O autor foi preso nesta quinta-feira (21), em uma propriedade da zona rural de Piracanjuba, onde se encontrava escondido desde o crime. O indivíduo, que já possui passagens por tentativa de homicídio e posse de drogas, foi interrogado e permaneceu em silêncio. Ele responderá pelos crimes de maus-tratos de animais e ameaça, cujas penas somadas podem atingir mais de 5 anos de prisão. Felizmente o animal foi socorrido por vizinhos e encaminhado a uma clínica veterinária onde passou por cirurgia. Seu estado é estável, mas ainda há risco de morte.