09 de agosto de 2022
Tem pensado

Presidente da Câmara de Aparecida, Fortaleza avalia renunciar mandato: “medo de não contribuir da forma como gostaria”

Acostumado a estampar manchetes nas editorias de política, o parlamentar virou assunto nas páginas policiais durante essa semana
(Foto: Reprodução/TV Câmara)
(Foto: Reprodução/TV Câmara)

Presidente da Câmara de Aparecida de Goiânia, André Fortaleza disse nesta quinta-feira (24/03) que considera renunciar ao mandato. As especulações ganharam força ao longo do dia e foram confirmadas pelo vereador. “É uma coisa que eu estou avaliando, estou avaliando. E vamos ver lá na frente o que Deus nos reserva”, pontuou ao Portal Notícias Goiás.

Questionado pelo veículo, Fortaleza disse que tinha receio em não contribuir da forma como gostaria. ““Eu tenho pensado, sim, eu tenho pensado… Talvez pelo meu jeito franco de ser, sincero, que talvez eu esteja incomodando… Eu tenho medo de não contribuir da forma que eu gostaria de contribuir com o município”.

Acostumado a estampar manchetes nas editorias de política, o parlamentar virou assunto nas páginas policiais durante essa semana. A Polícia Civil de Goiás concluiu o inquérito que apurava suposto crime de violência política contra a vereadora Camila Rosa (PSD)

Continua após a publicidade

De acordo com os elementos informativos colhidos inicialmente, a autoridade policial entendeu que existiam elementos caracterizadores do cometimento do crime de violência política contra Camila Rosa. “Não é mais aceitável que tais comportamentos tenham espaço no atual cenário político brasileiro, seja por decorrência do estágio de avanço educacional e cultural da nossa sociedade, seja pela aplicação do ordenamento jurídico repressor àqueles que não respeitam a posição política de suas parlamentares”, pontuou a delegada Luiza Veneranda.