27 de maio de 2024
Alerta ao consumidor

Presentes de Dia das Mães podem variar até 359,51% no preço, aponta pesquisa do Procon

O Procon Goiânia pesquisou preços de itens mais procurados para presentear as mães em 25 estabelecimentos de shoppings, comércios de rua e sites
A maior variação de preços encontrada foi no tênis e em artigos esportivos. Foto: Procon Goiânia
A maior variação de preços encontrada foi no tênis e em artigos esportivos. Foto: Procon Goiânia

O Procon Goiânia identificou variação de preço de até 359,51% em presentes do Dia das Mães. A data comemorada no próximo domingo (12), leva o aumento da procura por determinados itens, como perfumes, roupas, sapatos, acessórios e eletrônicos. A pesquisa avaliou o preços de 26 itens mais vendidos em 25 estabelecimentos comerciais de rua, shoppings e até de sites.

O levantamento feito pelo Procon entre os dias 26 a 30 de abril apontou que as maiores variações estão entre 359,51% a 191,45%. Entre os itens pesquisados, o tênis Nike Revolution 6 foi o produto que apresentou a maior variação, de até 359,51%, com preços de R$ 102,26 a R$ 469,90. Outro item é o trampolim cama elástica, utilizado para exercícios aeróbicos, com variação de preço de até 314,01%, de R$ 144,90 até R$ 599,90.

Ainda na categoria exercícios, a corda de pular kikos light registrou variação de 254,54%, podendo ser encontrada de R$ 16,44 a R$ 49,99. Entre os eletrônicos, o celular da marca Samsung Galaxy S22 128 gb teve variação de até 209,70%; já o celular Motorola Edge 128G teve variação de 197,45%, podendo ser encontrado de R$ 926,10 a R$ 2.699,10.

De acordo com a pesquisa, o consumidor que realizar compra pelo menor preço desses produtos terá despesa de R$ 2.803,85. Já se adquirir produtos com o maior valor, pagará R$ 8.817,89. Isso representa a possibilidade de economia de R$ 6.014,04 na aquisição dos itens.

Menores variações

As cinco menores variações estão entre 9,11% a 31,37%, com destaque para o perfume Libre edp Yves Saint Laurent 30ml, que teve a menor variação, de 9,11%, podendo ser encontrado de R$ 449,00 a R$ 489,90; o Iphone 13 128 gb teve variação de 18,05%, sendo encontrado de R$ 3.599,00 a R$ 4.248,54.

O tablet Samsung A7 teve variação de 31,37%, sendo encontrado de R$ 1.998,89 a R$ 2.626,00. Já o buquê de rosas 12 unidades teve variação de 26,67%, podendo ser encontrado de R$150,00 a R$ 190,00, já o buquê tropical 12 unidades teve variação de 33,33%, com preço de R$ 150,00 a R$ 200,00.

O Procon Goiânia informa que as variações de preços constatadas na pesquisa referem-se ao período em que foi realizada a coleta, e que os preços atuais podem ser diferentes, estando sujeitos à alteração conforme a data da compra, inclusive por ocasião de descontos especiais, ofertas e promoções. Além disso, lojas da mesma rede podem praticar preços diferenciados.

Orientações do Procon

O Procon Goiânia orienta o consumidor a atentar-se para a qualidade, data de validade, se a embalagem não está violada e se a voltagem condiz com a região onde mora, antes de realizar a compra. O órgão ressalta, ainda, que a troca de produtos de vestuário e calçados não são obrigatórias, em casos em que o presenteado não gostou ou não serviu. Nestas ocasiões, antes de finalizar a compra, avalie a possibilidade de troca e o prazo para que a mesma seja efetivada. Agindo assim, o acordo deverá ser cumprido.

Para produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos, sempre que possível, peça para ver o funcionamento é importante fazer o teste do produto ainda dentro da loja. De acordo com as regras, durante o prazo de vigência da garantia, mesmo que o produto tenha acabado de sair da loja, este deverá ser encaminhado à assistência técnica, que terá um prazo de até 30 dias para sanar o problema.

O consumidor ainda tem prazo de sete dias para arrependimento da compra. Sendo válido apenas para as compras que foram realizadas fora do estabelecimento comercial, seja por telefone, catálogo postal, internet, e outros canais de atendimento.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.