07 de agosto de 2022
Transporte Coletivo

Com presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Prefeitura inaugura novo Terminal Isidória na segunda (25)

As operações no local, que deve receber cerca de 1,5 milhão de passageiros por mês, começam na terça-feira (26/07)
Inauguração marca a entrega da reestruturação completa do terminal que, no futuro, receberá os ônibus do BRT Norte-Sul (Foto: Jucimar de Sousa/Seinfra)
Inauguração marca a entrega da reestruturação completa do terminal que, no futuro, receberá os ônibus do BRT Norte-Sul (Foto: Jucimar de Sousa/Seinfra)

Como antecipado pelo Diário de Goiás, em função da presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, o Terminal Isidória, localizado no Setor Pedro Ludovico, será reaberto na próxima segunda-feira (25/07), às 09h, pela Prefeitura de Goiânia. A solenidade, que terá ainda a presença da secretária nacional de Mobilidades, Sandra Holanda, marca a entrega da reestruturação completa do terminal que, no futuro, receberá os ônibus do BRT Norte-Sul. As operações no local já começam na terça-feira (26/07).

Com as adequações, a área construída passou de 2,1 mil para 7,9 mil metros quadrados, ou seja, três vezes maior do que o antigo. As obras começaram em fevereiro de 2020 e o investimento total foi de R$ 19,5 milhões. Cerca de 1,5 milhão de passageiros deve passar pelo local todo mês.

“As obras de modernização e de adequação do Terminal Isidória são resgate do nosso compromisso de investir em melhorias no transporte coletivo, e de cuidar das pessoas”, afirma o prefeito Rogério Cruz. “É um projeto de alta qualidade. A nova estrutura é inovadora, oferece conforto, acessibilidade e conectividade aos passageiros de ônibus”, destaca.

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM: Anel interno da Praça Cívica será entregue semana que vem (diariodegoias.com.br)

Estrutura

São quatro plataformas comuns para embarque e desembarque de passageiros e uma específica para o BRT, além de banheiros, lanchonetes, área de apoio administrativo e elevador. A cobertura de 8 mil metros quadrados é metálica, o que propiciará temperaturas mais amenas no ambiente interno. São 35 pilares de 11 metros cada e 7,1 mil metros quadrados de pavimento de concreto. Em média, 80 operários trabalharam no dia a dia da obra. O projeto demandou 290 toneladas de aço. A nova rede de drenagem tem 1,6 mil metros.

Os passageiros que utilizarem o Isidória terão acesso a rede de Wi-Fi (com limite de tempo). Cinco roteadores funcionarão para garantir a qualidade do sinal de internet. Eles usufruirão de uma rede diferente daquela a ser usada pela prefeitura na gestão do terminal, com projeto elaborado na mesma premissa do BRT de terminais inteligentes e tecnológicos.

Continua após a publicidade

Tecnologia avançada


A Central de Controle e Operação (CCO) vai cuidar da segurança no local com auxílio de 32 câmeras de vigilância, das quais 30 são fixas (instaladas nas entradas e nas plataformas de embarque) e duas com capacidade para se movimentar em 360°, com resolução e poder de alcance ampliados (são as chamadas ‘Speed Dome’). O acompanhamento das imagens será feito pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) e pela Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), 24 horas por dia.

O terminal conta ainda com duas câmeras de leitura, que foram instaladas para capturar placa e hora de cada ônibus que passar pelo local. Serão dados úteis principalmente para CMTC (Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos), órgão responsável por fiscalizar o cumprimento da planilha de horários. Além, é claro, dos monitores que informam aos passageiros a previsão de chegada e saída dos veículos (chamados de pontos de RMTV).

NÃO DEIXE DE LER: Goiânia projeta seis novos complexos viários para 2022 (diariodegoias.com.br)

Funcionamento do terminal


A partir de terça-feira (26/07), os passageiros das linhas 2, 6, 7, 9, 14, 15, 20, 25, 183, 185, 198, 203, 565, 568, 612, 616, 650, 651, 660, 919, 920 e 934 já poderão embarcar e desembarcar no novo terminal, cujo horário de funcionamento será sempre das 5h às 23h30.

De acordo com a CMTC, cerca de 60 mil usuários por dia devem passar pelo Isidória de segunda-feira a sexta-feira, 21 mil aos sábados e 8 mil aos domingos. Cruzarão o terminal 22 linhas.