22 de abril de 2024
Agosto Lilás

Prefeitura e CMTC lançam campanha “Violência contra a mulher não tem desculpa! Tem Lei!”

Campanha, realizada anualmente no mês em que se comemora o aniversário da Lei Maria da Penha será lançada na HP Transportes
Prefeitura de Goiânia dá início ao Agosto Lilás, campanha de enfrentamento à violência contra a mulher: iniciativas incluem iluminação de pontos estratégicos da capital, ações informativas e conscientização no transporte público (Foto: Comurg)
Prefeitura de Goiânia dá início ao Agosto Lilás, campanha de enfrentamento à violência contra a mulher: iniciativas incluem iluminação de pontos estratégicos da capital, ações informativas e conscientização no transporte público (Foto: Comurg)

Em agosto, mês nacional de conscientização pelo fim da violência contra a mulher. Pensando nisso, a Prefeitura de Goiânia preparou uma série de ações dentro da programação do ‘Agosto Lilás’, que busca intensificar a divulgação da Lei Maria da Penha e os serviços da rede de atendimento à mulher em situação de violência.

Para isso, afim de dar start na campanha “Violência contra a mulher não tem desculpa! Tem Lei!”, a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) através da secretária Tatiana Lemos e o Presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Tarcísio Abreu, estarão na empresa de ônibus HP Transportes para uma coletiva e fixarem cartazes nos ônibus sobre a campanha, no dia 15 de agosto às 9h.

Nestes cartazes que estarão nos ônibus por todo o mês de agosto estarão todas as informações necessárias para as mulheres, como os tipos de violência que existem contra as mulheres e telefones de todos os órgão e entidades de apoio de proteção à mulher.

Em 2022, a Lei Maria da Penha completa 16 anos e a campanha “Agosto Lilás”, mês de conscientização sobre o enfrentamento à violência contra as mulheres e incluirá atividades realizadas pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) como a tradicional iluminação lilás no Paço Municipal e no monumento dos Três Marcos no viaduto Latif Sebba, da praça do Ratinho, panfletagem no terminal Isidória e fixação de cartazes no transporte coletivo de Goiânia.

“Faremos um trabalho durante todo o mês de agosto no sentido de mostrar para a sociedade a importância de denunciar casos de violência contra a mulher”, afirmou Tatiana Lemos, secretária de Políticas para as Mulheres da Capital.

LEIA TAMBÉM: https://diariodegoias.com.br/senado-aprova-reducao-na-idade-minima-para-laqueadura/

As ações realizadas pelo governo municipal, em parceria com outros órgãos e instituições, visam chamar a atenção da sociedade para a importância da denúncia. “A denúncia é fundamental e a sociedade precisa tomar consciência disso. Trabalhamos para encorajar as vítimas a denunciar seus agressores e a romper o ciclo de violência”, complementou a secretária.

Para o presidente da CMTC (Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos), Tarcísio Abreu tudo que estiver ao alcance da Companhia para proteger as mulheres será feito. “Sabemos que no transporte público coletivo as mulheres ficam mais vulneráveis, por isso temos parceria com o Batalhão de Terminais, a GCM (Guarda Civil Municipal) e o PM (Polícia Militar). E quando qualquer mulher se sentir desconfortável dentro do transporte público basta comunicar o motorista que ele entrará em contato com o órgão responsável e o mesmo tomará providência imediatamente”, pontua.


Leia mais sobre: / / Cidades / Notícias do Estado