16 de abril de 2024
Habitação social • atualizado em 12/01/2024 às 17:10

Prefeitura de Goiânia planeja construção de sete residenciais sociais em parceria com a Caixa

O projeto tem objetivo de beneficiar famílias com renda de até R$ 2.640, e tem prazo de aprovação do banco de até 150 dias
A meta é construir 1,6 mil casas, nos sete residenciais sociais. Foto: Reprodução
A meta é construir 1,6 mil casas, nos sete residenciais sociais. Foto: Reprodução

A Prefeitura de Goiânia planeja a construção de sete novos residenciais sociais, que serão construídos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida. O projeto está sendo discutido em parceria com a Caixa Econômica Federal. Inicialmente, a meta é construir 1,6 mil casas, que serão destinadas a famílias com renda de até R$ 2.640.

Nesta sexta-feira (12), o secretário de Relações Institucionais (SRI), Paulo Marcos Borges dos Santos, se reuniu com representantes da Caixa Econômica Federal, no Paço Municipal. Na reunião, foram discutidos os pontos necessários para a aprovação do projeto que prevê investimentos de R$ 256 milhões para a construção dos residenciais sociais. Como resultado, ficou alinhado o que cada parte precisa fazer para atender aos critérios necessários para a viabilização das obras.

Com efeito, após a publicação dos projetos, definiu-se o prazo de 150 dias para o processo ser analisado pela Caixa e depois ser enviado para o Governo Federal para o início da execução. Futuramente, a Prefeitura irá realizar a seleção das famílias beneficiadas, de acordo com os critérios estabelecidos pelo projeto.

As inscrições para os sete residenciais só serão abertas após a aprovação do projeto. No entanto, é possível se inscrever para o Programa Municipal de Habitação. Para isso, basta acessar o site www.goiania.go.gov.br e clicar no ícone “Programa Municipal de Habitação” (Casa da Gente). O cadastro também pode ser realizado pelo aplicativo Prefeitura 24h.

Segundo o documento, Goiânia terá os seguintes residenciais:

  • Residencial Iris Rezende IV – 240 unidades habitacionais;
  • Residencial Iris Rezende VI – 224 unidades habitacionais;
  • Renascer Empreendimento etapa 1 – 240 unidades habitacionais;
  • Renascer Empreendimento etapa 2 – 240 unidades habitacionais;
  • Residencial Iris Rezende V – 256 unidades habitacionais;
  • Residencial 14 BIS 01 – 200 unidades habitacionais;
  • Residencial 14 BIS 02 – 200 unidades habitacionais.

Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.