24 de junho de 2024
Cidades

Prefeitura de Goiânia inicia ação contra Dengue em casas fechadas

Agentes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Departamento de Vigilância e Controle de Zoonoses, iniciaram a partir desta quarta-feira (3), uma nova ação de prevenção e controle do mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti. O alvo serão as casas fechadas para locação ou venda existentes no município.

Além da vistoria periódica, 70 agentes de saúde vão verificar 900 imóveis fechados na capital. Durante a ação, vão ser examinados principalmente as condições de banheiros, caixas d’água, calhas, piscinas e ralos que, caso seja necessário, será realizada aplicação de veneno contra o mosquito adulto no local.

Demanda surgiu depois que agentes da saúde começaram a se deparar com imóveis fechados e abandonados, nos quais não tinham permissão para entrar. O departamento acredita que seja necessário vistoriar estes locais pelo menos três vezes ao ano.

Visitas pendentes aumentam a possibilidade de infestação pelo mosquito Aedes Aegypti e colocam sob risco o trabalho feito nos demais imóveis visitados, visto que o raio de vôo do inseto é de 300 metros.

Departamento de Vigilância e Controle de Zoonoses alerta às imobiliárias que as ações de prevenção à dengue devem continuar mesmo durante o período seco. As atividades, também com fins educativos, buscam promover mudanças de hábito, possibilitando medidas de proteção dos ambientes e prevenindo a dengue.

Dengue

No ano passado, foram registrados 13.046 casos de dengue em Goiânia e 32 mortes confirmadas. Em 2013, foram notificados 53.552 casos suspeitos de dengue. De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, a dengue é uma doença causada por vírus e transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti. Existem quatro tipos de Dengue, com os mesmo sintomas, sendo eles, predominantemente, febre (38º a 40º C), dor muscular, dor de cabeça, dor nos olhos, nas juntas, náuseas, vômitos e manchas avermelhadas espalhadas pelo corpo. Ao sentir os sintomas o indicado é procurar uma unidade de saúde e não se automedicar.

Os números de casos de dengue em Goiânia diminuíram nos últimos meses, mas mesmo com a redução é preciso a colaboração de toda a população, inclusive no período de seca. Para evitar a doença, ações simples como não deixar água parada em qualquer recipiente podem evitar mortes. No município, agentes fazem visitas domiciliares e caminhões espalham o Fumacê, que vale lembrar, mata apenas o mosquito adulto. Visitas e denúncias de locais com foco pode ser feitas pelo telefone 0800 646 1520.

As informações são da Secretaria Municipal de Saúde.


Leia mais sobre: Cidades