10 de agosto de 2022
Notícias do Estado

Prefeitura de Goiânia e de Aparecida se responsabilizam por custeio da iluminação de rodovias em perímetro urbano

Em entrevista para a Rádio Bandeirantes, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Max Menezes, confirmou que Prefeitura de Aparecida de Goiânia irá custear a iluminação da GO-040. De acordo com ele, tornou-se necessária a medida após o Governo Estadual anunciar que não assumiria mais o custeio da conta de energia elétrica nos perímetros urbanos das rodovias do Estado. O trecho que será custeado pela gestão municipal de Aparecida corresponde a mais de 12 quilômetros, corta a cidade do fim da Avenida Rio Verde até a saída para Aragoiânia. 

“Quando nós fomos informados pela Goinfra, de que eles não seriam mais responsáveis pelo custeio e pela manutenção, encaminhamos uma avaliação para a procuradoria de Aparecida. Ao final, o prefeito Gustavo Mendanha determinou que nós assumiríamos essa responsabilidade” informou. De acordo com o secretário, anualmente, é gasto com energia elétrica cerca de R$ 800 mil. 

A prefeitura de Goiânia também ficará responsável por parte da manutenção. 

Continua após a publicidade

“A prefeitura de Goiânia já informou à Enel que também vai se responsabilizar por uma parte. Alguns tramites jurídicos serão desenvolvidos. O que a gente espera é que seja assinado um termo de cooperação entre o Estado, o município de Goiânia e o de Aparecida”, pontuou. 

Serão usadas cerca de 883 luminárias de 400 volts cada uma. O que, para o secretário, custará muito para o tesouro da Prefeitura de Aparecida. 

“Não só o custo de aquisição será caro, mas a manutenção também. A manutenção será feita com a equipe da prefeitura. Já o levantamento do custeio, a parte da iluminação e a compra de materiais, serão feitos após a Enel fazer a ligação. Porque já foram desligados todos os trechos”, inteirou. 

Continua após a publicidade

Goianira e Nerópolis também assumiram responsabilidade. Outras cidades estão avaliando como irão fazer.