18 de abril de 2024
Combate à dengue • atualizado em 19/02/2024 às 14:40

Prefeitura de Goiânia disponibiliza aplicativo para denunciar locais com focos de dengue

O aplicativo “Goiânia Contra o Aedes” possibilita o envio de fotos e informação de endereço do possível criadouro e pode ser baixado gratuitamente no celular
O aplicativo pode ser baixado gratuitamente. Foto: Secom
O aplicativo pode ser baixado gratuitamente. Foto: Secom

A Prefeitura de Goiânia disponiliza agora um novo canal de denúncias para combate à dengue na capital. O aplicativo “Goiânia Contra o Aedes” possibilita que a população informe endereços e locais de possíveis criadouros do mosquito da dengue. A plataforma pode ser baixada gratuitamente no celular por meio da loja de aplicativos.

A iniciativa promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia foi desenvolvida pela Secretaria Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sictec). O objetivo é que a população goianiense auxilie as equipes de vigilância em saúde no combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Assim sendo, em situações de suspeita de foco do mosquito, é possível fazer a denúncia de forma rápida e fácil.

Como utilizar o aplicativo

Para fazer sua denúncia ou solicitação, basta baixar o aplicativo na loja de aplicativos do seu celular (Google Play ou App Store), fotografar o foco, informar o endereço e adicionar outras informações relevantes sobre o problema no local. As denúncias são encaminhadas às equipes de vigilância para combate e bloqueio do foco. O aplicativo permite que o denunciante acompanhe o andamento da solicitação.

Alternativa contra criadouros

Além do aplicativo para denúncias, outra forma da população colaborar com o combate à dengue em Goiânia é eliminando os possíveis criadouros do mosquito. Para isso, a Prefeitura de Goiânia disponiliza também cinco ecopontos para descarte de materiais, como pneus, resíduso de construção civil e móveis antigos.

Os ecopontos, operados pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) em parceria com Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), estão localizados nos setores: Jardim Guanabara II, Setor Faiçalville, Jardim São José, Residencial Campos Dourados e Parque Eldorado Oeste, e funcionam das 7h às 22h todos os dias, sem a necessidade de agendamento.

As equipes da Comurg também atendem toda a Capital com o serviço Cata-treco, para recolhimento de bens inservíveis nas casas dos goianienses. O morador pode solicitar o serviço Cata-treco pelo WhatsApp (62) 9855-8555, pelo teleatendimento 3524-8555 ou pelo aplicativo Prefeitura 24h. O prazo para recolhimento dos objetos indesejados em domicílio é de 20 dias. O atendimento cobre toda a cidade de Goiânia e é totalmente gratuito.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.