20 de maio de 2024
Recuperação • atualizado em 10/04/2024 às 18:39

Prefeitura de Aparecida realiza obras em local afetado pelas fortes chuvas desta semana

O alto volume de água provocou deslizamentos de terra que danificaram o poço de visita e a pista entre o Parque das Nações e Jardim Veneza
O prefeito Vilmar Mariano visitou as obras pluviais na manhã desta quarta, acompanhado do vereador Diony Nery. Foto: Wigor Vieira
O prefeito Vilmar Mariano visitou as obras pluviais na manhã desta quarta, acompanhado do vereador Diony Nery. Foto: Wigor Vieira

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia está realizando obras de restauração em trecho afetado pelas fortes chuvas da última terça-feira (9). O grande volume de água provocou deslizamentos de terra que danificaram o poço de visita na Avenida Brasil, que liga os setores Parque das Nações e Jardim Veneza.

Na manhã desta quarta-feira (10), o prefeito de Aparecida, Vilmar Mariano, vistoriou as obras da Secretaria de Infraestrutura de Aparecida (Seinfra). No local, está sendo realizada a reconstrução do bueiro pluvial na Avenida Brasil.

De acordo com a equipe de engenharia da Secretaria de Infraestrutura, o alto volume de água estourou o poço de visita (PV), local que recebe a água das galerias pluviais de ambos os bairros e rompeu a compactação da pavimentação da via. Nesta primeira etapa, a Seinfra está retirando a terra para averiguar o problema e assim, resolver a questão, compactando novamente a pista.

Os trabalhos iniciaram com a sinalização realizada pela Secretaria Executiva de Mobilidade e Trânsito e após isso, foram tomadas medidas para assegurar que a pista não ceda. “A nossa equipe juntamente com a Defesa Civil interditou a via para que a Seinfra possa trabalhar com segurança e oferecer também maior segurança para os moradores dos dois bairros. Sabemos da importância dessa Avenida e as obras serão concluídas o mais rápido possível para retomar o tráfego na pista”, afirmou o Prefeito Vilmar Mariano ao visitar o local.

A partir da limpeza da pista e dos arredores, serão definidas quais as melhores ações para agilizar a reconstrução do PV e outras ferramentas para garantir que o rompimento da caixa de recepção não ocorra novamente. Com isso também será possível refazer o asfalto da área afetada. Até o fim das obras, a Seinfra e a Defesa Civil alertam para que os motoristas respeitem a sinalização e procure rotas alternativas à interdição.

Na última semana, na mesma região, a menina Samylla Vitória, de apenas seis anos, foi arrastada pela enxurrada e levada rio abaixo pela força da água. De acordo com moradores, o problema de drenagem ocasiona alagamentos em trechos próximo ao leito do córrego. Com o alto volume de chuvas e o déficit no escoamento, todo o curso da água desemboca no Córrego Lages, onde a menina foi encontrada sem vida.


Leia mais sobre: / / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.