12 de junho de 2024
Cidades

Prefeitura de Aparecida de Goiânia lança parque municipal

O primeiro parque urbanizado de Aparecida de Goiânia será lançado neste sábado, 29, às 9h, pelo prefeito Maguito Vilela (PMDB). O parque deverá receber o nome do ex-prefeito Elmar Arantes Cabral, que governou o município entre 1974 e 1977. O projeto que propõe a homenagem está na Câmara de Vereadores para apreciação o após o recesso do Legislativo municipal.

 

O novo espaço de lazer integrará o Parque América, primeiro bairro planejado de Aparecida de Goiânia, e será construído em parceria com as inincorporadoras EBM, GPL, Terral e Tropical Urbanismo, cujos representantes também estarão presentes. As obras já foram iniciadas com a terraplanagem da área.

Com 44.693,65 metros quadrados, o Parque Municipal de Aparecida de Goiânia será implementado pelas incorporadoras e entregue ao poder público, que ficará responsável pela manutenção, à exemplo do que vem sendo feito em Goiânia. O parque será, portanto, aberto ao público. Tanto os moradores do bairro planejado quanto os demais aparecidenses poderão usufruir de toda infraestrutura.

O projeto prevê a implantação de um playground linear com atividade para diferentes idades, quadra poliesportiva, quadra de areia para prática de esportes na areia, pista de caminhada e uma praça para eventos. Ao fundo, haverá uma mata preservada.

A obra será dividida em duas etapas, a primeira com conclusão ainda em 2013 e a segunda para o final de 2014, junto com os dois primeiros empreendimentos do bairro planejado. A primeira etapa será destinada à implantação dos equipamentos do parque, ou seja, os playgrounds, pista de caminhada, quadra esportiva e uma praça central para eventos. No pico da obra, cerca de 50 trabalhadores estarão no local.

Em 2014, a segunda etapa será voltada à recomposição florística do bosque, integrado de mata preservada na Área de Preservação Permanente (APP) do Córrego Bonanza em um total de 21.987,63 metros quadrados. Além disso, haverá mais 9.579,60 metros de área verde distribuídas no entorno do Parque, que serão implantadas nesta etapa.

Sustentabilidade e Acessibilidade

O Parque Municipal será construído respeitando a topografia do terreno. Segundo a arquiteta responsável pelo projeto, Maria Ester Souza, que trabalha em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, os desníveis do terreno foram utilizados para a criação de espaços diferentes. “Onde havia um declive aproveitamos para colocar um banco ou um escorregador. É algo importante, pois mantém o equilíbrio do solo e a permeabilidade natural”, explica a arquiteta.

Como o terreno do bairro ainda apresenta declividade de 30 metros até o encontro com a área de proteção ambiental que integra o parque municipal, serão criados ainda os Jardins Drenantes para diminuir o impacto e a velocidade da água da chuva. Os jardins consistirão em longas faixas de pedra que se integram à paisagem, absorvendo o volume de água e reabastecendo o lençol freático. O passeio será dividido entre piso e área com grama para contribuir com a drenagem da água.

O parque também será construído em conformidade com a Norma Brasileira de Acessibilidade, contemplando as pessoas com mobilidade reduzida. Rebaixamentos nas calçadas, com rampas de declividade inferior a 5% serão construídas. “Estamos estudando outras medidas para tornar o parque o mais democrático possível”, explica o engenheiro responsável pela obra, Raphael Mello Moraes Gualberto. A pista de caminhada será em concreto liso desempenado, para segurança e conforto dos usuários.

As informações são da prefeitura de Aparecida de Goiânia.


Leia mais sobre: Cidades