26 de maio de 2024
Cidades

Prefeitura da Cidade de Goiás estabelece lockdown com toque de recolher

Cidade de Goiás estabelece restrições mais rígidas. (Foto: Wagner Araújo/Iphan)
Cidade de Goiás estabelece restrições mais rígidas. (Foto: Wagner Araújo/Iphan)

Novo decreto publicado nesta quinta-feira (20/05) pela Prefeitura de Goiás autoriza que apenas serviços essenciais funcionem até a semana que vem (28/05). O texto estabelece toque de recolher, com circulação de pessoas nas ruas proíbida entre as 19h até as 6h do dia seguinte, além de restrições em diversas atividades.

Aos sábados, o toque de recolher tem início às 13h e se estende até as 6h de segunda-feira. Bares, botequins, restaurantes, clubes, escolas, templos religiosos, cinemas, feiras e museus não poderão funcionar durante o período. Consumo de bebida alcoolíca em lugares públicos, além de eventos públicos e privados bem como os esportivos também não podem ocorrer. Serviços de tele-entregas de produtos estão liberados até as 23h. Para bebidas alcoólicas a restrição é até as 19h.

As atividades comerciais que forem autorizadas podem funcionar até as 17h. Aos sábados, 12h. No entanto, mercados, mercearias e supermercados podem funcionar até as 19h e 13h do sábado. Unidades de saúde, farmácia, pronto-atendimento, distribuidoras de gás e postos de combustíveis são as únicas exceções que podem funcionar 24 horas por dia.

O decreto estabelece uma série de protocolos para os estabelecimentos liberados entre eles o uso de alcool gel e a limitação de 30% da capacidade de atendimento. Clique aqui para ver o texto na íntegra.


Leia mais sobre: / Cidades / Destaque

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.