22 de abril de 2024
Lênia Soares • atualizado em 12/02/2020 às 23:40

Paulo Garcia está fora da disputa para governador de Goiás em 2014

“O prefeito Paulo Garcia nunca colocou seu nome na disputa de 2014. Sua prioridade é a conclusão do mandato em Goiânia”, disse o secretário de Governo Osmar Magalhães (PT) em entrevista à rádio Luz da Vida, na manhã desta terça-feira, 7.

Uma declaração serve para acalmar os ânimos dos companheiros, que ainda se prendem no pleito interno.

Com o fim das especulações, o petista passa de alternativa – ou concorrente, do ponto de vista dos aliados – do partido para instrumento de batalha.

Pois fato é fato: Paulo Garcia pode não ser candidato, mas não está fora do processo eleitoral.

Bem ou mal, como prefeito da Capital do Estado, não há como negar sua influência nas eleições. E, com a imagem negativa, o partido – e os aliados – terá que se unir para reverter o cenário.

É preciso fortalecer Paulo para que ele fortaleça a oposição.

E aqui começa um novo capítulo. Goiânia deve respaldar a candidatura dos oposicionistas. Faça chuva, faça sol.

Numa entrevista concedida em 07 de janeiro de 2013 ao Jornal Realidade da Vinha FM, o prefeito Paulo Garcia já adiantava a falta de interesse numa disputa pelo cargo de governador de Goiás. 

 


Leia mais sobre: Lênia Soares