15 de junho de 2024
Cidades

Prefeito de Senador Canedo entrega obra de ampliação da cadeia pública

A Cadeia Pública de Senador Canedo acaba de receber mais três novas celas, passando das seis atuais para nove, acrescidas de mais um pátio para o tradicional banho de sol dos internos. Das 42 vagas de que dispunha, esse número, agora, passa para 70 vagas, possibilitando uma maior comodidade para os 75 presos, e mais segurança para a comunidade. A obra de reforma e ampliação da unidade prisional, iniciada em julho do ano passado, foi realizada pela Prefeitura (SEINFRA), recursos municipais da ordem de R$ 160.000.
Ao lado de vereadores, secretários, diretores de órgãos públicos municipais e convidados, o prefeito Misael Oliveira fez a entrega da obra nesta quinta-feira, 21, às 10h00, em solenidade pública realizada em frente da cadeia, onde garantiu ao diretor da unidade, Eduardo Alves de Melo, 26, e aos demais, que a Prefeitura de Senador Canedo é parceira, e vai continuar agindo dessa forma com as autoridades estaduais e federais, pois, a seu ver, o que está sempre em jogo nessas horas é o interesse maior da população.

Monitoramento

“Quando o assunto é segurança pública, eu nem discuto; eu parto logo para a ação”, disse o prefeito Misael, acrescentando que, não apenas a inauguração de três celas na cadeia pública local, “mas até maio”, garantiu, “estaremos inaugurando também o sistema de monitoramento eletrônico, que vai abranger a cidade como um todo, ajudando as nossas autoridades policiais a colocar os olhos sobre a ação dos meliantes, afim de que sejam retirados de circulação com mais facilidade, o mais rápido possível”.

De acordo com o prefeito Misael, a cidade não pode e nem vai ficar à mercê de bandidos; muito pelo contrário, ao colocar os pés em Senador Canedo, vão saber que estão sendo monitorados dia e noite, fazendo com quê, qualquer gesto de sua parte que caracterize uma ação suspeita, seja de imediato averiguado pelos agentes de segurança do município, e tomadas todas as providências que cada caso requer. “Esse trabalho, vai ser quase em quase tempo real, se Deus quiser!”.

( Fonte Secom – Senador Canedo)


Leia mais sobre: Cidades