30 de junho de 2022
Reajuste salarial

Prefeito de Goiânia sanciona plano de carreira dos agentes de saúde

Estruturação garante evolução salarial dos servidores e estabelece adicional de produtividade, insalubridade e vale alimentação
Além do plano de carreira, os servidores serão contemplados com projeto que garante o piso salarial da categoria, ainda em elaboração. Fotos: Jackson Rodrigues
Além do plano de carreira, os servidores serão contemplados com projeto que garante o piso salarial da categoria, ainda em elaboração. Fotos: Jackson Rodrigues

O prefeito Rogério Cruz sancionou, nesta terça-feira (17/05), em evento no Paço Municipal, o plano de carreira dos agentes de saúde da capital. Além disso, mencionou que o projeto que concede o piso nacional para categoria está em elaboração.

A implementação do plano de carreira garante a evolução salarial dos servidores e estabelece adicional de produtividade de R$ 300, além de adicional por insalubridade e vale alimentação de R$ 400. A estruturação da carreira já era uma demanda dos servidores há mais de 20 anos.

O prefeito ressaltou que, após aprovação pela Câmara Municipal do projeto do executivo que cria o plano de carreira dos agentes de saúde, foi promulgada pelo Congresso Nacional a Emenda Constitucional n° 120, que estabelece o piso nacional de dois salários mínimos para a categoria. “A prefeitura já trabalha no projeto para implantar o piso no município”, ressaltou.

Continua após a publicidade

O presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, Paulo Gomes de Brito, que estava presente na cerimônia, citou o trabalho realizado pela categoria pela saúde do município ao longo dos anos.

“Esse é um momento histórico na nossa vida. Há 20 anos atrás tínhamos os piores indicadores de saúde. Hoje você anda em Goiânia e não se acha uma criança desnutrida, porque agentes de saúde andam de casa em casa para combater mazelas”, afirmou.

O texto sancionado também instituiu a remuneração dos conselheiros tutelares no valor de R$ 6.110,71, a partir do mês de maio.

Continua após a publicidade