07 de agosto de 2022
Levantamento

Preço da cesta básica tem aumento de 8,64% em Goiânia, aponta Procon

Levantamento realizado entre os dias 19 e 22 de julho, de 30 produtos da mesma marca, em 10 estabelecimentos da capital, constatou que a oscilação dos valores pode chegar a 380%
(Foto: Divulgação / Procon Goiânia)
(Foto: Divulgação / Procon Goiânia)

O Programa de Defesa do Consumidor (Procon Goiânia), divulgou, nesta quarta-feira (27), pesquisa que aponta aumento de 8,64% no preço da cesta básica, comparado ao levantamento de junho deste ano. O valor passou de R$ R$ 591,27 para R$ 642,35. Em relação a maio (R$ 609,35), a variação foi de 5,42%.

Levantamento realizado entre os dias 19 e 22 de julho, de 30 produtos da mesma marca, em 10 estabelecimentos da capital, constatou que a oscilação dos valores pode chegar a 380%. O preço do tomate comum apresentou maior variação. O produto pode ser encontrado de R$ 1,87 a R$ 8,99 o quilo.

A pesquisa também apurou que o preço da carne apresenta variação de quase 90%. O quilo do coxão mole pode ser comprado de R$ 35,90 a R$ 68,01. O leite teve variação de 41,63%, com oscilação entre R$6,99 e R$ 9,90. Já o preço do arroz tipo 1, teve a menor variação apontada na pesquisa, com diferença de até 22,85% (R$ 17,90 e R$ 21,99).

Continua após a publicidade

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), os maiores valores da cesta básica estão na cidade de Florianópolis e São Paulo. Já os menores estão na cidade de Aracaju e Salvador.

Na comparação entre as capitais pesquisadas, Goiânia estava em 8º lugar em abril, foi para 9° lugar em maio e se manteve em 9º no mês de junho, com cesta básica ao valor de R$ 674,08.

Em caso de elevações abusivas de preço, o Procon Goiânia recomenda aos consumidores que denunciem pelos canais de atendimento: (62) 3524-2942, 3524-2936 e aplicativo Prefeitura 24hrs.

Continua após a publicidade