30 de maio de 2024
Cidades

Pré- Matrículas para Cmeis de Goiânia começam nesta terça-feira

Secretário de Educação durante coletiva de imprensa. Foto: Samuel Straioto
Secretário de Educação durante coletiva de imprensa. Foto: Samuel Straioto

O período de solicitação de vagas para alunos novatos nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e dos Centros de Educação Infantil (CEIs) de Goiânia começa nesta terça-feira (17). Segundo a Secretaria Municipal de Educação, para o ano que vem, serão oferecidas 13 mil 117 vagas para novos alunos. A Matrícula será efetivada após confirmação.

O secretário municipal de Educação e Esporte, Marcelo Costa, explicou que a pré-matrícula online para alunos novatos dos Cmeis e unidades conveniadas também terá início nesta terça-feira, por meio do endereço eletrônico www.sme.goiania.go.gov.br, na aba “Matrícula Web”, a partir das 8h.

O processo de matrícula da Educação Infantil será realizado com o número do CPF da criança, para isso, toda criança deve ter feito o CPF junto à Receita Federal.

“O que temos que ficar atentos. Com o CPF da criança. Quem já fez o cadastro prévio, ao colocar o CPF da criança, já vai puxar todos os dados que já haviam sido preenchidos, basta escolher qual CMEI e confirmar. Isso vai facilitar o processo. Se você é mãe trabalhadora, depois será preciso ir até a regional para confirmação de documento”, afirmou o secretário.

Nos anos anteriores houve reclamações sobre quedas no site no momento de solicitação das vagas. Pelo fato de o cadastro ser prévio, isso pode facilitar para um descongestionamento no sistema. De toda forma, as reclamações do ano anterior foram repassadas à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnologia (Sedetec).

Fila de espera

Segundo o secretário, nos meses de agosto e setembro, a fila de espera girava em torno de 5 mil vagas. Hoje a tendência é que o número seja menor. Para 2020, serão ofertadas 13 mil 137 vagas. O gestor informou que não estão inclusos os CMEIS que serão inaugurados.

Até o momento já foram realizados 21 762 cadastros para CMEIS e Escolas de Ensino Fundamental.  De 0 a 3 anos foram 13 mil 156 cadastros e de 4 a 5 anos na ordem de 4513 cadastros.

“Ao final da pré-matrícula a gente tem ideia de crianças que não entraram e partir das listas concentraremos esforços para instalação de salas modulares nas regiões mais carentes”, ressaltou o secretário.

Ampliação da Rede

Para o ano de 2020, a Secretaria Municipal de Educação pretende ampliar na rede 6 mil vagas. Há a previsão de retomada de 11 obras de CMEIS, ofertando 2 mil vagas, a partir de fevereiro. No ano serão implantadas novas salas modulares. A construção de 25 novos CMEIS já está autorizada, com recursos próprios. Com a ampliação das 6 mil novas vagas.  Serão cerca de 19 mil vagas durante o ano de 2020, após a conclusão das obras.

Critérios de prioridade nas vagas

As novas vagas para a Educação Infantil nos Cmeis e CEIs, disponibilizadas pela SME, serão preenchidas seguindo novos critérios, priorizando as necessidades da população mais carente. Segundo o secretário, nesse ano há destinação de 40% das vagas de Educação Infantil para mães trabalhadoras que comprovarem vínculo empregatício (contracheque, carteira de trabalho ou MEI). Beneficiários do Bolsa Família tem 20% das vagas e o restante dos 40% são para a população geral.

“Nós separamos três grandes faixas para que a gente pudesse atender melhor a população. Em uma delas, uma faixa de 40% que é para as mães trabalhadoras, imagino que essas pessoas já tenham informado no cadastro e elas precisam ir até as regionais para fazer a comprovação que são mães trabalhadoras. 20% para o Bolsa Família e 40% para a grande população”, explicou o secretário.

{nomultithumb}


Leia mais sobre: / / Cidades