28 de junho de 2022
Brasil

Por falta de dinheiro, TSE decide que eleições de 2016 serão manuais

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (30). (Foto: Agência Brasil)
Portaria foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (30). (Foto: Agência Brasil)

Foi publicado no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (30) que as eleições de 2016 serão realizadas de forma manual, descartando o uso da urna eletrônica. O motivo seria a falta de dinheiro. Segundo a portaria: “O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabilizará as eleições de 2016 por meio eletrônico”.

A portaria foi assinada pelos presidentes do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandosvki; do Tribunal Superior Eleitoral, Dias Toffoli; do Tribunal Superior do Trabalho, Antônio José de Barros Levenhagen; do Superior Tribunal Militar, William de Oliveira Barros; do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Getúlio de Moraes Oliveira; e pela presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz.

Ainda de acordo com o documento, os órgãos do Poder Judiciário da União sofreram corte de R$ 1,74 bilhão. Segundo informações, a assessoria do Tribunal Superior Eleitoral se manifestará, por meio de nota, ainda nesta segunda-feira. 

Continua após a publicidade

Com informações da Agência Brasil

Leia mais sobre:
Brasil