logomarcadiariodegoias2017

lucia vania foto dg.jpg

A senadora Lúcia Vânia (PSB) afirmou nesta segunda-feira (16) que só será candidata caso haja vontade popular. Caso contrário, seguirá outros projetos. No entanto, até o momento Lúcia Vânia se manterá no Senado, fazendo seu trabalho diário, até que seja definida a candidatura, sem início de pré-campanha.

“Tem sido colocado que eu sou candidata. Se vocês ouvirem e pegarem todas as minhas declarações, eu sempre disse o seguinte: só serei candidata se a população goianiense entender que eu deva continuar. Na verdade, você não me viu lançar candidatura, falar na imprensa que eu sou candidata. Quem me colocou candidata foram as pesquisas. E isso incomoda algumas pessoas, mas acho que é natural. Se você pegar o número de elogios, a pesquisa positiva e negativa, você verá que eu tenho razão”, disse.

Ao Diário de Goiás, a senadora ressaltou que não existe necessidade de iniciar pré-candidatura de forma precoce devido ao trabalho já prestado ao Estado de Goiás. Lúcia Vânia ressaltou que já auxiliou na relatoria e criação de diversos projetos no Congresso Nacional que beneficiaram todos os municípios goianos.

“Se o período eleitoral exigir minha presença na eleição, farei no período certo, faltando 45 dias para as eleições, porque eu tenho serviço prestado em todo o Estado de Goiás, todas as pessoas me conhecem e sabem o que eu fiz por Goiás. Às vezes as pessoas falam: “A senhora nunca fez nada”. O projeto mais importante do Estado de Goiás foi de minha autoria, convalidação de benefícios fiscais. Eu que recriei a Sudeco, eu fui relatora da Maria da Penha, está lá meu nome nos anais da Casa. Eu tenho projetos da mais alta importância do Estado, fui autora do projeto que exige que o SUS utilize a equoterapia para cuidar de crianças com deficiência. Eu implantei o benefício da ação continuada, que é um salário mínimo para o idoso e a pessoa com deficiência. Então, eu já tenho serviço prestado no Estado inteiro. Eu não preciso fazer campanha antes, porque trabalhei os oito anos do meu mandato e vou até o último dia trabalhando. Se a população entender que esse trabalho tem que continuar, vamos continuar. Se não, não tenho a menor dificuldade de buscar outro caminho”, concluiu.

Veja vídeo:

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH