logomarcadiariodegoias2017

daniel vilela foto Lucio Bernardo Jr agencia camara.jpg

O deputado federal e pré-candidato ao governo de Goiás pelo MDB, Daniel Vilela, comentou os dados da pesquisa Serpes, divulgada nesta segunda-feira (9) pelo jornal O Popular. O deputado vê o cenário com “otimismo” e disse que os números comprovam o potencial de crescimento do grupo de oposição.

"Vejo com otimismo esse cenário colocado pela pesquisa Serpes/O Popular, publicada nesta segunda-feira (09). Como é consenso entre os especialistas, pesquisas eleitorais a tantos meses das eleições aferem muito mais o conhecimento do eleitor sobre os candidatos do que intenção de voto, abrindo espaço para as viradas que caracterizam as eleições para governador em Goiás desde 1994. Tanto é que três em cada quatro eleitores disseram na pesquisa espontânea que estão indecisos. Desta forma, só tenho a comemorar o fato de estar empatado em segundo lugar com o atual governador do Estado, mesmo sendo o menos conhecido dentre os pré-candidatos, pois sou o único que nunca disputou uma eleição majoritária. Isto comprova nosso potencial de crescimento e nos motiva ainda mais a construir um projeto renovador e vitorioso para nosso Estado, que é o que estamos fazendo com muita garra e humildade."

No levantamento, Daniel Vilela aparece com 6,2% das intenções de voto. Enquanto isso, o senador Ronaldo Caiado (DEM) aparece com 39,7% e o atual governador José Eliton (PSDB), com 6,7% das intenções de voto.

 

Metodologia

A pesquisa foi realizada pelo instituto Serpes Pesquisas de Opinião e Mercado Ltda, contratada pelo grupo Jaime Câmara e Irmãos e publicada no Jornal O Popular na edição desta segunda-feira, 9 de abril. O levantamento foi feito entre os dias 30 de março e 5 de abril, foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo número BR-07829/2018 e no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo número GO-05562/2018 no dia 29 de março de 2018. 801 eleitores foram ouvidos nas regiões de Goiânia, Inhumas, Nerópolis, Anápolis, Goianápolis, Guapó, Senador Canedo, Aparecida de Goianésia, Porangatu, Uruana, Ceres, Abadiânia, Luziânia, Novo Gama, Formosa, Simolândia, Águas Lindas, Piracanjuba, Ipameri, Catalão, Morrinhos, Itumbiara, Santa Helena, Rio Verde, Jataí, Caçu, São Luís de Montes Belos, Iporá, Vila Boa de Goiás e Faina. A margem de erro é de 3,5% percentuais para mais ou para menos.

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH