logomarcadiariodegoias2017

 Jose eliton posse secretarios diario de goias.jpg

O governador de Goiás, José Éliton Júnior deu posse neste domingo (8) a novos secretários. O gestor procura dar tom de novidade em meio a um governo de continuidade. Houve a cobrança por mais abertura política dos secretários junto aos deputados. José Éliton não descartou novas mudanças no governo estadual.

Solenidade de posse dos novos auxiliares foi realizada no Itego Basileu França, no Setor Leste Universitário em Goiânia. No local, além dos empossados, estavam secretários que já haviam sido nomeados por Marconi Perillo no início de fevereiro e ainda alguns líderes políticos que compõem a base aliada do governo.

O Diário de Goiás transmitiu a solenidade. Veja o vídeo

<>

Novo Governo

José Éliton disse que levará em consideração o que o governo já fez até momento. Ao Diário de Goiás, o governador não descartou mudanças na estrutura administrativa. “Devemos fazer isso amanhã já”, afirmou.

O governador do estado disse que o foco será na gestão estadual e que questões relativas ao processo eleitoral serão tratadas pelos presidentes de partidos. “Meu foco agora é 100% na gestão pública. Questões partidárias, políticas, cabe à presidência dos diversos partidos que compõem a nossa base fazer a agenda envolvendo essa demanda partidária”, completou.

Ao Diário de Goiás, José Éliton Júnior declarou que a medida que os partidos aliados tem condições de indicar nomes e participarão da gestão dele, também terá ferramentas para desenvolver estratégias do ponto de vista eleitoral. Ele afirmou que procurou aliar a composição partidária com um perfil técnico do secretariado.

“Todo processo de governabilidade envolve a participação partidária, na medida que os partidos tem a capacidade de indicar componentes para estarem presentes num processo de governança, de modernidade do estado de Goiás, estes partidos estão aptos também a conduzir conosco um projeto eleitoral, mas penso que essa agenda será comandada pelos presidentes de partidos e a partir de agora pelo governador Marconi Perillo também”, relatou.

Abertura política

Um dos grandes questionamentos de deputados estaduais em relação ao secretariado anterior, era de que alguns membros do primeiro escalão não recebiam os parlamentares. O governador José Éliton recomendou aos seus auxiliares que atendam os pedidos encaminhados pelos deputados. O governador pediu “sensibilidade”.

“Quero solicitar a cada secretário que tenham sensibilidade com as pessoas, com os mais simples, sensibilidade de ouvir a demanda de todos, não ter preguiça, sempre estar atento ao clamor popular, sensibilidade junto a classe política, com os parlamentares, receber os parlamentares com respeito, atender as suas demandas, os nossos parlamentares representam cada cidadão deste Goiás”, afirmou Éliton.

“Tempo Novo”

José Éliton fez um discurso mais curto e mais direto do que habitualmente fazia na condição de vice-governador. Assim como havia destacado no momento em que tomou posse do cargo de governador, José Éliton reiterou a dificuldade em substituir Marconi Perillo e que há um legado importante a ser preservado.

“Olhar para o amanhã, o passado é referência, e nós haveremos sempre de proteger, garantir e defender o legado do “Tempo Novo”, mas agora a hora é de voltar o olhar para o futuro, para o amanhã, e esse é o nosso compromisso daqui para frente, nós haveremos de construir a história deste estado”, ponderou.

O governador disse que o governo dele estará baseado em três pilares principais, e citou um deles que é a austeridades econômica. Ele cobrou dos secretários que todos estejam atentos ao controle de gastos, mesmo com a necessidade de se concluir o plano de governo construído nas eleições de 2014. José Éliton afirmou que 97% do plano foi cumprido e que fará a conclusão.

“É nessa trilha é o que vamos seguir, com três pilares básicos, fundamentais.  O primeiro deles:  austeridade econômica com foco no equilíbrio das contas públicas. Sem esta premissa, as demais premissas deixam de existir. Portanto é um governo que se pautará em fazer um esforço e essa orientação é para todos os secretários, em manter uma agenda que garanta a saúde financeira do Estado”, destacou o governador.

José Éliton Júnior disse ainda que além das ações do plano de governo, há outras que estão sendo construídas pelo Gabinete de Gestão Estratégica, cujo titular é o ex-secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH