logomarcadiariodegoias2017

WhatsApp Image 2018-04-07 at 10.50.44.jpegO novo governador reforçou que vai preservar o “legado de grandes realizações” de Marconi Perillo. “O seu exemplo é a inspiração que emana dos grandes estadistas”, declarou.

 “A partir de hoje, a partir do novo Goiás nascido com Marconi Perillo, vamos inaugurar o novo tempo novo em Goiás, com esperança, sonhos e coragem”, proclamou o governador de Goiás, Zé Eliton, num discurso emocionado ao tomar posse nesta manhã de sábado (07/04), na Assembleia Legislativa de Goiás. Segundo ele, a gestão tem como foco as pessoas, “garantindo a todos, onde quer que tenham nascido nesse chão goiano, o direito elementar de terem oportunidades”.

Zé Eliton despediu-se do ex-governador Marconi Perillo exaltando o seu legado e garantiu: “Continuarei a fazer a mudança iniciada pelo Tempo Novo. Eu sou a mudança, a mudança que consolida conquistas e que, deste ponto de partida, garantirá avanços, buscará inserir Goiás na consciência do século do saber, da tecnologia, da tolerância e do respeito, das liberdades, da transparência e da ética”.

Zé Eliton iniciou o discurso com destaque para a democracia, que, conforme ressaltou, “permite que alguém que não nasça em berço de ouro, que não pertença a famílias oligárquicas, que vindo do interior, estudante de escola pública, possa, pelo seu esforço, ascender na vida, dirigir os destinos de um município, de um estado, de uma nação”.

O novo governador observou que é pela democracia que estava naquele momento assumindo com o povo goiano “o compromisso de honrar, dignificar e defender com minhas ideias, decisões e atos a grandiosa missão de governar Goiás”.

Ele falou de sua trajetória, que o impulsionou para a vida pública e do trabalho ao lado do ex-governador Marconi Perillo, na transformação de Goiás em um estado moderno e que hoje é referência no país. Ele reforçou que vai preservar o “legado de grandes realizações” de Marconi Perillo. “O seu exemplo é a inspiração que emana dos grandes estadistas”, declarou.

“Antes do Tempo Novo, nosso estado estava acomodado, desgovernado, atolado em políticas vencidas, distantes do interesse público”, lembrou. “O Tempo Novo se consolidou como tempo de conquistas para o povo, de vitórias para a sociedade, de desenvolvimento equilibrado, de crescimento consistente, de superação de incertezas, de obras e benefícios em todos os municípios e de reconquista do orgulho de ser goiano”, afirmou.

Zé Eliton, que já tinha assumido o comando do estado por 23 vezes como interino, citou programas e obras de vulto como o Hugol, Hugo, CRER, Itegos, programas sociais como o Bolsa Universitária, Renda Cidadã e Jovem Cidadão, entre outras iniciativas e obras, justificando que tudo isso mostra um governo que sempre esteve presente na vida das pessoas. “Há anos o estado é modelo de inovação para o Brasil; há anos fazemos a nossa parte; e há anos os goianos colhem os bons resultados”, disse.

Foco no ser humano - Ao falar dos desafios e das metas de seu governo, destacou que a sua origem o define e o impõe governar para as pessoas, para os mais necessitados. “Esse será meu foco, minha atenção, minha obsessão; estabelecer um ambiente onde todos possam sonhar e alcançar oportunidades”, observou. “Não esperem de mim senão amor, trabalho e dedicação a Goiás”, continuou, ao justificar que “amor ao próximo é o que tenho na raiz do coração. É o que nasceu e cresceu comigo feito herança da terra e do berço. É o que me move e o que me guia”.

Zé Eliton observou ainda que veio da luta, disposto à luta, e está pronto para lutar pelos seus ideais e pelas vitórias da nossa gente. “E dedicação não me falta: Goiás é minha história”, pontuou. “Em meu peito bate o tempo moderno da consolidação da transformação virtuosa dos governos de Marconi Perillo; bate o novo como um movimento contínuo, que não para nunca de se superar; vou trabalhar para construir o novo tempo de um novo estado bom para todos”, reforçou Eliton.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH