logomarcadiariodegoias2017

jose nelto se filia ao podemos .jpg

O deputado estadual e pré-candidato a deputado federal José Nelto se filiou nesta sexta-feira (6) ao Podemos. Com a presença do senador Ronaldo Caiado (DEM), pré-candidato ao governo de Goiás, e do senador Wilder Morais – que se filiou ao Democratas nesta quinta-feira (5), José Nelto fez um discurso de tristeza por deixar o MDB.

“Eu tomo a decisão política mais difícil. Em 1980 eu filiei ao MDB, [...] ajudei a fundar o PMDB na capital.  Veja minha história e minha trajetória. [...] Eu disse que estou com o coração estraçalhado, machucado em tomar uma decisão na minha vida. Eu já errei na minha vida. Quem não errou? Mas nunca errei pela minha omissão. Eu sempre erro quando erro e erro pouco. Eu erro pela minha ação e eu não poderia me acovardar neste momento. Trabalhei como nunca durante um ano juntamente com Adib, com Paulo do Vale, Renato de Castro, Iris Rezende Machado, com Ernesto Roller, Fausto Mariano, lideranças do MDB para a unidade da oposição. Não aceitar o jogo político de Marconi Perillo, unirmos para ganharmos no primeiro turno. Mas eu sou um homem que tem fé, acredito em Deus e o Brasil está mudando”, disse.

Ao Diário de Goiás, o deputado ressaltou que o MDB não tem chapa e não conseguiu fazer aliança com nenhum partido da oposição. Em contrapartida, Ronaldo Caiado já soma 12 siglas para a coligação.

“Eu saio do MDB porque não tem chapa para me eleger a deputado federal e não tem aliança. Não tem nenhum partido. Saio sem fechar portas ao MDB, apoio todos os pré-candidatos do MDB. O nosso adversário está no Palácio, Marconi Perillo e José Eliton. Não tem mágoa de ninguém. Estou saindo para viabilizar minha campanha, e escolhi um partido que hoje é presidido por Álvaro Dias, candidato a presidente da República, reformista e das mãos limpas. [...] Não tem chapa no MDB, só eu e a Dona Iris, mais ninguém. E a aliança que Caiado fez, vamos eleger seis deputados federais, com 34 pré-candidatos”, afirmou José Nelto.

O pré-candidato também destacou que o deputado federal Daniel Vilela (MDB), pré-candidato ao governo estadual, deve repensar a ideia de se candidatar e se unir ao grupo de Ronaldo Caiado. Questionado sobre o pacto de que Daniel e Caiado, anunciado pelo prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), José Nelto enfatizou que o ideal seria a união no primeiro turno.

“Eu disse a eles que o nosso projeto é de oposição e jamais dividir a oposição. Caiado conseguiu aglutinar mais partidos e mais apoio popular na pesquisa qualitativa e quantitativa. E ele não pode errar politicamente, se ele errar: primeiro, ele fica sem mandato. Segundo, se ele não tiver um discurso convincente contra o Palácio das Esmeraldas, ele não terá o apoio da sociedade. O caminho dele [Daniel Vilela] é unir com a oposição. [...]Eu não tenho conhecimento, mas é importante. Agora, nós queremos esse pacto para estar juntos no primeiro turno. Segundo turno pode ser tarde”, concluiu.

Veja vídeo publicado nas redes sociais de Ronaldo Caiado:

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH