logomarcadiariodegoias2017

iris e dona iris imagem dg 2.jpg

Durante assinaram de ordem de serviço para a retomada das obras da Casa de Vidro nesta quinta-feira (5), o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), afirmou que conseguiu promover um pacto de apoio entre os pré-candidatos da oposição, deputado federal Daniel Vilela (MDB) e senador Ronaldo Caiado (DEM).

“Consegui deles um pacto: se por ventura houver segundo turno que aquele que perdeu aquele que for para o segundo turno. Eu consegui, ambos deram a palavra. A minha obrigação sobretudo é de conduzir esse processo eleitoral, uma vez que tanto DEM, o Ronaldo, quanto Daniel foram e são meus companheiros de muitas lutas”, disse.

A primeira-dama, Dona Iris, também reforçou que trabalha constantemente para a união da oposição em Goiás para que seja possível vencer a disputa eleitoral em 2018 e chegar ao governo estadual.

“Em política tudo pode acontecer até na última hora, no último momento. Nós que vivemos a política e sabemos, por exemplo, quem pensava que podia acontecer o que aconteceu com Tancredo Neves? Então, até o último minuto estarei lutando pela união das oposições”, comentou.

Questionada sobre a possibilidade de mudança de cenário com o início da divulgação de pesquisas eleitorais, a primeira-dama acredita que os números podem, sim, influenciar os pré-candidatos.

“A pesquisa reflete sempre aquele momento, mas ela não deixa de influenciar, tanto é que ela é permitida justamente para mostrar o quadro, e isso acaba influenciando de alguma forma. Mas acho que o prosseguimento do trabalho está indo bem, todos os dois têm todo o direito de têm todo o potencial para serem candidatos de oposição, tanto Daniel Vilela quanto Ronaldo Caiado, mas ainda acredito que lá na frente a gente consiga juntar todo mundo”, concluiu. 

Veja entrevista:

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH