logomarcadiariodegoias2017

maguito com altair e vassil foto divulgacao.jpg

O ex-prefeito Maguito Vilela cumpriu a promessa e falou tudo mesmo sobre a crise que toma conta do MDB. O ex-governador e ex-senador foi o convidado do programa Roda de Entrevista, da nova TBC, nesta terça-feira (27) e logo no início do programa deixou claro que o clima entre o grupo de seu filho, o deputado federal Daniel Vilela (MDB), e o grupo de prefeitos que apoia a candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM) não é nada bom.

Primeiro, Maguito desqualificou o peso político do grupo caiadista, dizendo que é uma "pequena parte" do MDB que apoia Caiado. Maguito quis dizer que Adib Elias (Catalão), Renato de Castro (Goianésia), Ernesto Roller (Formosa), Fausto Mariano (Turvânia) e Paulo do Vale (Rio Verde) estão nessa missão sozinhos, sem apoio das bases. "O prefeito apoia outro candidato, mas o partido é mais forte que essas lideranças”.

Na sequência, o pai de Daniel Vilela deixou claro que não gostou do modo como os prefeitos do MDB agiram em prol de Caiado. No dia 20 desse mês, os cinco prefeitos mais o deputado estadual José Nelto organizaram um ato de apoio formal ao projeto de Caiado.  "Chegaram arrombando a porta do fundo. Não concordaram com o partido nem ouviram Daniel", reclamou. 

Maguito ainda afirmou que os prefeitos sempre pediram renovação e agora que o MDB tem um nome jovem eles decidem apoiar um candidato de outro partido. O ex-prefeito de Aparecida evitou falar em expulsão dos infiéis. Disse que isso não faz parte do perfil do partido. Mas, indicou que o natural é que os prefeitos caiadistas deixem o MDB.
Caiado
A entrevista de Maguito também se destacou pelas diretas e indiretas ao senador Ronaldo Caiado. Ao comentar as críticas pesadas que o senador faz constantemente ao presidente Michel Temer (MDB), Maguito soltou o verbo. "Políticos do DEM são investigados e processados e não vejo Caiado falar nada", disparou o ex-prefeito. Recentemente, Caiado afirmou que Temer está sempre envolvido com negociatas. 
Outra mensagem de Maguito para Caiado, essa mais subliminar, foi sobre possível união num segundo turno. "O apoio no segundo turno dependerá do que acontecer no primeiro turno", avisou Maguito.
Iris Rezende
A gestão de Iris na prefeitura de Goiânia também foi comentada. Maguito disse que os goianienses "podem ficar tranquilos". "Iris vai fazer uma gestão primorosa e sairá aplaudido. É um grande político, um grande líder do Brasil".

Nova TBC
Maguito Vilela também elogiou a nova linha editorial da TBC e o presidente da Agência Brasil Central, João Bosco Bittencourt. "A nova TBC vai contribuir muito para o desenvolvimento do Estado. “João Bosco está renovando, está revolucionando a TBC. Por isso é bom renovar. Tem que renovar”, disse o emedebista. 

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH