09 de agosto de 2022
Goiânia

Polícia prende mulher e namorado por assassinato de ex-marido

Sebastião Jahnsen Mendes Pimentel e Kelley Ramos Fernandes de Oliveira / Foto: divulgação
Sebastião Jahnsen Mendes Pimentel e Kelley Ramos Fernandes de Oliveira / Foto: divulgação

A Polícia Civil, por meio do Grupo Antissequestro (GAS) da DEIC apresentou nesta quarta-feira (3), os autores do homicídio e ocultação de cadáver da vítima Marcelo Oliveira, que inicialmente foi dado como desaparecido.

Continua após a publicidade

Conforme as investigações coordenadas pelo Delegado Thiago Martimiano, a vítima era ex-marido de Kelley Ramos Fernandes de Oliveira e, embora já não mantivessem uma relação conjugal, residiam na mesma residência em quartos separados.

vitima marcelo oliveiraNa manhã do último dia 25,  foi registrado o último contato de Marcelo com a família, assim, dado como desaparecido.

De acordo com as investigações, no dia dos fatos, por volta de 12h45 Kelley abriu o portão da residência e um veículo HB20 entrou no imóvel. Logo em seguida Kelley deixa a residência em um veículo Citroen C3 e minutos depois o veículo HB20 também deixa a residência.

Continua após a publicidade

Conforme apurado, Kelley mantinha um namoro com Sebastião Jahnsen Mendes Pimentel, que morava nos Estados Unidos, na cidade Atlanta. Os dois iniciaram um relacionamento via internet e no carnaval deste ano Sebastião veio até Goiânia para se encontrar com Kelley.

 

Crime

homicidio marcelo oliveira

Segundo a polícia, motivado e incitado por Kelley, Sebastião contratou dois motoristas de aplicativo,  Luis Fernando dos Santos e Maitherson Oliveira Silva para cometer o crime.

Segundo as investigações, os dois executores, acompanhados de Sebastião chegaram na residência da vítima e entraram na garagem. Já dentro da residência Luis Fernando, Maitherson e Sebastião atacaram a vítima com socos e chutes e o estrangulam até que perca a consciência.

Logo após, enrolam o corpo em um lençol e o amarram, em seguida colocaram o corpo no porta malas do veículo. Deixaram a residência e seguiram rumo à Nerópolis, onde pararam em uma estrada rural entre Ouro Verde e Damolândia para ocultar o corpo da vítima.

Ao levarem o corpo para o interior da mata, perceberam que a vítima ainda estava com vida, momento em que Sebastião desfere diversos golpes de faca no tórax da vítima. Após o crime, conforme narrado por Luis Fernando, enquanto a vítima agonizava, Sebastião afirmou que queria ficar vendo a vítima morrer.

Após o crime, o trio voltou para Goiânia, onde encontraram com Kelley no estacionamento do Atacadão do Setor Criméia. Ela repassou cinco mil reais para Sebastião e este repassou para os dois executores, que seria o valor combinado para a prática do crime.

Na mesma noite o trio voltou ao local do crime para botar fogo no corpo da vítima, que ficou parcialmente carbonizado.

 

Motivação

 casa de kelley e marcelo

A motivação do crime, de acordo com a polícia foi passional e patrimonial. Kelley tinha uma casa em comunhão de bens com Marcelo e pretendia ficar com o imóvel para ela.

Além disso afirma que Marcelo a agredia e também estava atrapalhando sua relação com o namorado, que era quem a mantinha financeiramente.