14 de junho de 2024
Flagrante • atualizado em 30/05/2024 às 17:04

Polícia prende homem que mantinha ex-mulher em cárcere privado em um hotel, em Goiânia

Segundo a polícia, o autor agrediu a vítima e a impediu de sair do quarto, além de tomar seu celular
Em um momento de descuido do agressor, a vítima conseguiu recuperar o celular e ligar para a polícia. (Foto: CPCPMGO).
Em um momento de descuido do agressor, a vítima conseguiu recuperar o celular e ligar para a polícia. (Foto: CPCPMGO).

Na tarde desta quinta-feira (30), a equipe do 38° batalhão, prendeu um homem de 44 anos que mantinha sua ex-mulher em cárcere privado em um hotel no setor Campinas, em Goiânia. Segundo a polícia, o autor agrediu a vítima e a impediu de sair do quarto, além de tomar seu celular para evitar que ela pedisse ajuda.

Em um momento de descuido do agressor, a vítima conseguiu recuperar o celular e ligar para a polícia. Os policiais chegaram rapidamente ao local e prenderam o homem em flagrante. “Graças a Deus, eu peguei meu celular e entrei em contato com a polícia. Foram uns anjos e chegaram na hora certa, no momento em que eu estava temendo pela minha vida”, disse a vítima que não foi identificada.

Fiquei com medo, a pessoa já me fez ameaça, me machucou, me agrediu e eu quero agradecer à Polícia Militar por isso.

Canal de denúncias em Goiás e Goiânia

A Secretaria de Segurança Pública reforça que o apoio da população é fundamental para as forças de segurança atuarem cada vez mais assertivamente no combate à práticas criminosas. O cidadão pode contribuir com denúncias, de forma segura e anônima, através do aplicativo “Goiás Seguro”. O aplicativo está disponível em todas as lojas de apps para celulares.

Além disso, as denúncias podem ser feitas pelo Disque Denúncia da Polícia Civil, no número 197, ou da Polícia Militar, pelo telefone 190. Para checar o contato da viatura mais próxima em sua cidade ou em seu bairro, basta baixar o aplicativo “Goiás Seguro” ou acessar o site da PMGO, no endereço: https://www.pm.go.gov.br/disque-denuncia.


Leia mais sobre: / / Cidades / Goiânia

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019